Não abra mão de tudo por alguém que nem sabe o que você segura consigo

Imagem de capa: Milan Stojanovic, Shutterstock

Finalmente descobri o caminho de volta para mim, descobri que não preciso de nada nem de ninguém para ser feliz, descobri que eu me basto, sou suficiente para mim mesma, pois tudo que preciso mora aqui dentro. Porém, a minha mente bagunçada não me deixava enxergar isso. Estava tudo embaçado e eu vivia tropeçando, caindo, me machucando e, tudo isso, porque não sabia onde estava o problema.

E, isso não tem nada a ver com você, nunca teve. Eu que deleguei a você uma responsabilidade que pertencia somente a mim, de me fazer feliz, de encontrar o caminho da alegria traçado nas minhas veias na direção do meu coração, que agora pulsa incontrolavelmente por alguém que depende dele para sobreviver e, esse alguém, sou eu. Resolvi desbravar as trincheiras do meu ser e me conhecer, me cuidar um pouco mais, perdi muito tempo fazendo isso para quem não merecia.

Não quero mais sofrer por antecipação, pensando mais em alguém do que em mim. Não quero sofrer por esperar demais aquele telefonema ou aquela mensagem que até hoje, não foi respondida. Não quero ser uma opção para alguém que eu deixei que fosse prioridade na minha vida. Não quero mais abrir mão de tudo por alguém que, nem sequer, chegou a conhecer o que eu segurava nelas e a importância que elas tinham para mim. Não quero muitas coisas e, hoje, você é uma delas. Em pensar que um dia a única coisa que eu Não queria, era Não querer você, de tanto que queria querer mais e mais…

Mas, era uma vontade unilateral que partia somente de mim e, eu me doei tanto, que já estava perdendo as forças. Enquanto pensava tanto em você, em formas de te agradar, fazer sorrir, ser a melhor companhia para você, tinha me esquecido de mim e estava acometida de uma desnutrição que nenhuma dieta resolveria. Minha alma estava vazia e carente, simplesmente, porque havia sido abandonada pela pessoa que vos escreve. Porém, decidir arrumar a bagunça e deixar a casa em ordem, joguei todo lixo fora, o mau cheiro já estava me incomodando. Me desfiz também, de tudo que não valia a pena, que não fazia falta e que não tinha mais sentido e, repito, uma delas é você.

Agora que tudo está arrumado e renovado, caminho com mais liberdade e não me perco, sei onde cada coisa está. Até tem uma baguncinha no meu quarto, mas essa é especial, faz parte de mim e não está disponível para qualquer um. Minha casa, minha vida, minha felicidade, tudo meu, assim como sou minha também e, para ter acesso, vai ter que bater na porta com educação e pedir licença. Não quero mais nada que ocupe um espaço que é só meu. Não há nada melhor e mais libertador do que pertencer a si mesmo…

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Rachel dos Santos
Paulistana, porém mineira de coração. Viciada em música e sorvete, adora filosofar no facebook e compor canções que guarda a sete chaves. Estudante de jornalismo , pretende construir um mundo mais bonito por meio de seus escritos. Acredita que a simplicidade é a chave que abre a porta da felicidade. Sempre usa reticências no final das frases porque sente que sempre há um pouco mais a se dizer...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here