Aproveito… Enquanto o amor não chega

Eu acredito no amor. Sei que a qualquer momento ele vai aparecer na minha vida e tudo vai mudar. Mas não sei quando isso vai acontecer e não posso esperar sentada. Nunca gostei de ficar muito tempo parada mesmo. Então, enquanto espero, vou aproveitar alguns momentos.

Vou cortar o cabelo bem curtinho para ver se fica bom. Já que ele ainda não chegou, posso arriscar. Vou colocar um piercing no nariz e fazer uma tatuagem no pé. Vou assistir todas as comédias românticas que puder e comer quilos de pipoca com manteiga. Vou para todas as festas que for convidada e vou beber muitas doses de Tequila. Vou dançar até cansar e só vou embora quando as luzes forem acesas, de sandália na mão e maquiagem vencida.

Vou dormir muito e me esparramar toda na cama já que ela é grande demais só para mim. Vou gastar todo o meu salário em balada e hambúrguer. As melhores viagens deixo para fazer quando o amor me acompanhar. Essas experiências eu quero dividir com ele.

Vou me preparar, aprender a cozinhar, fazer um curso de massagem e continuar, firme, na academia. Vou ler bons livros para contar para ele depois e vou ver os melhores filmes para podermos discutir qual é o meu e o preferido dele. Vou fazer máscara facial todos os dias para manter a pele perfeita e a depilação estará sempre em dia. Estarei preparada para a GRANDE CHEGADA!

Mas, até lá, vou assistir novela e esquecer que existe futebol no universo. Vou olhar para todos os malhados que passarem na minha frente sem disfarçar. Vou paquerar, trocar telefone e adicionar todo mundo no Facebook. Vou assinar o PPV do Big Brother e assistir todos os episódios de Sense8, Friends e Revenge.

Vou usar moleca, crocs, calcinha grande e meia soquete. Vou comer pizza de quatro queijos e arrasar no rodízio. Vou fumar alguns cigarros quando estiver um pouco bêbada e dormir sem lavar a pele. Vou curtir a vida como se ela fosse acabar amanhã, não que ela vá mesmo, mas quero fazer valer a pena. Vou fazer loucuras, esquecer de desligar o gás e trancar a porta. Vou chamar o seguro quando o pneu furar e quebrar o vidro de palmito por não conseguir abri-lo sozinha.

Vou aproveitar para fazer todas essas bobeiras antes do amor brotar com delicadeza. Antes dele bater na porta do meu coração e tomar conta de mim. Antes de tocar minha vida com carinho e organizar tudo. Antes de decifrar cada detalhe meu e descobrir todos os meus segredos. Antes de moer minhas certezas e desmiuçar minha natureza. Antes dele chegar não serei boazinha, afinal, essa vida é só minha.

Imagem jujikrivne, Shutterstock

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Monika Jordão

Atriz, escritora e paulistana. Acredita que o papel reflete mais do que o espelho. Apaixonada por livros, futebol, tequila, café e Coca-Cola. Buscando sempre o equilíbrio emocional e os amores inesquecíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here