Por mais que você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam

Um dia você aprende que “o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher”.

“E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso”. Quem disse isso foi Shakespeare. Ele estava coberto de razão (para variar).

Algumas pessoas vão te magoar, vão deixar você na pior. Algumas pessoas vão partir o seu coração, deixar a sua vida de cabeça para baixo e sumir sem dizer adeus. Algumas pessoas vão fazer estrago. E por mais que você tente entender, por mais que você tente mudar alguma coisa nessa pessoa, tudo continuará igual. Algumas pessoas nunca mudam. É preciso aceitar isso.

Talvez elas sejam tão fodidas quanto você. Talvez elas tenham sofrido tanto que criaram uma espécie de bloqueio sentimental. Talvez elas sejam más e não se importem com nada além do próprio umbigo. Talvez…

É preciso olhar para essas pessoas e dizer “eu tentei”. Não veja isso como um fracasso ou uma grande derrota. Muito pelo contrário, você tentou! Você fez aquilo que ninguém mais fez. Mas você precisa viver. E precisa viver ao lado que quem se importa.

Isso não é egoísmo. O mundo está repleto de pessoas legais e não podemos nos dar ao luxo de ficar parados, sempre sofrendo pelas mesmas pessoas. Pelas pessoas erradas. Pelas pessoas que vão inevitavelmente nos fazer sofrer, nesse loop infinito de dor.

Um dia você aprende que “o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher”. Você pode escolher os seus amigos. Escolha aqueles que se importam com você. Escolha quem consegue despertar os seus melhores sentimentos.

COMPARTILHAR
Valter Junior
Amante de café, boas ideias e mulheres de atitude. Adora conhecer pessoas, filmes e músicas novas. Fundador do Puta Letra. Pai de um livro, esperando o segundo bebê.



DEIXE UMA RESPOSTA