Não quero só o seu lado bom

Um esbarrão, copos no chão e uma troca de olhares cinematográfica. Nosso primeiro contato não poderia ter um resultado diferente. As últimas semanas tem sido uma aventura alucinante de descobertas e aprendizados. Você vem se mostrando gentil e surpreendente e não posso estar mais feliz. Você tem acariciado a minha vida e brindado comigo a beleza de viver a reciprocidade. Obrigada!

Adorei descobrir que você também adoça o café e que uma xícara só nunca é suficiente. Estou encantada com suas palavras doces no amanhecer, seus carinhos singelos e o olhar que me atravessa. Amo a maneira como coça a barba quando está nervoso e como segura a caneca de Chopp depois da terceira dose. Admiro sua alegria e o sorriso que estampa seu rosto. Eu sou louca pelo rubor que cora suas bochechas quando eu digo que você é meu Super Man e pelo calor das suas mãos quando passeiam pelo meu corpo me arrancando suspiros e arrepios.

Tudo isso é lindo, mas sinto que ainda não te conheço de verdade. Apenas a lista de qualidades foi preenchida e isso não me parece artificial e raso. Eu quero mais, quero suas profundezas. Quero mergulhar no seu abismo e descortinar todos os seus medos e angústias. Quero descobrir seus traumas, seus terrores e o que te tira o sono. Preciso saber quais são suas fraquezas, seus temores e qual é seu pior pesadelo. Eu não tenho medo de encontrar bagunça ou bagagem demais, quero apenas poder olhar para você e ver além.

Eu não quero só o seu lado bom, quero o ruim também. Quero as manias, os maus hábitos, o humor duvidoso. Quero o lado negro da força. Para te conhecer nas entranhas preciso descobrir o que te causa dor, o que te fez sangrar, onde estão as cicatrizes e o que te faz chorar. Eu quero tudo, quero você absoluto. Não precisa ter medo de me mostrar seu lado negativo, eu também vou me apaixonar por ele porque vejo beleza na verdade e ela mora dentro de você.

Me deixa conhecer sua alma, permita que eu habite seu interior, me mostra o que te aflige e deixa eu cuidar de você. Prometo soprar suas feridas e acariciar seu pesar. Vou beijar seus arrependimentos e louvar seus remorsos. Não entre em pânico, eu vou espantar seus demônios e celebrar sua alforria, vou quebrar suas correntes e te levar para voar ao meu lado.

Vem, abre esse coração pra mim. Não posso te amar por completo se tenho apenas uma metade.

COMPARTILHAR
Monika Jordão
Atriz, escritora e paulistana. Acredita que o papel reflete mais do que o espelho. Apaixonada por livros, futebol, tequila, café e Coca-Cola. Buscando sempre o equilíbrio emocional e os amores inesquecíveis.



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA