Amores em tempos de guerra – 10 filmes fantásticos que falam de amor e superação

Tempos de guerra são sempre tempos difíceis, mas mesmo nesse cenário caótico o amor pode acontecer e transformar vidas para sempre. A seguir segue uma lista com dez filmes fantásticos cuja guerra serve como plano de fundo para histórias de amor avassaladoras.

Todos os filmes selecionados tem um enredo tocante e dedilham com delicadeza essa conflituosa relação entre a poesia do amor e a brutalidade ofensiva que todo ambiente de guerra guarda em si. Para apaixonados por filmes que falam de guerra, amor e esperança.

1. O paciente Inglês, 1996
the-english-patient-3

No final da Segunda Guerra Mundial, um desconhecido (Ralph Fiennes) teve queimaduras generalizadas quando seu avião foi abatido e é conhecido apenas como o paciente inglês. Ele recebe os cuidados de uma enfermeira canadense (Juliette Binoche) e começa a narrar para ela um caso de amor que teve quando jovem com a esposa (Kristin Scott Thomas) do seu melhor amigo (Colin Firth). O roteiro do diretor Anthony Minghella é simples e fala de forma delicada e pontual de um romance proibido sem tornar a história clichê. O ambiente africano como cenário dá ao filme um tom exótico incrível. Filme disponível na Netflix.

2. No amor e na guerra, 1997

in-love-and-war

Ernest Hemingway (Chris O’Donnell) é o responsável por dirigir uma ambulância na Primeira Guerra Mundial. Durante o combate ele é gravemente ferido, sendo transferido para um hospital onde ganha cuidados da bela enfermeira Agnes (Sandra Bullock), por quem se apaixona. Um filme delicado inspirado na vida real do renomado escritor Ernest Hemingway.

3. Malena, 2001

maxresdefault

Em 1941, em plena Segunda Guerra Mundial, nada acontece na sonolenta Castelcuto, um vilarejo da costa siciliana. Ali vive Renato (Giuseppe Sulfaro), um garoto de 13 anos que de repente tem sua vida transformada radicalmente por uma descoberta que irá marcá-lo para sempre: uma avassaladora paixão por Malena (Monica Bellucci). Recém chegada no local e sem o marido, supostamente morto na guerra, cada passeio seu se transforma num espetáculo à parte. Um filme inesquecível que conta com a guerra como plano de fundo para um primeiro amor. Filme disponível na Netflix.

4. O Capitão Corelli, 2001

Na Grécia de 1940, Cefalônia é uma ilha paradisíaca que será atingida pela guerra. Pelagia (Penelope Cruz) é a filha de Iannis (John Hurt), o médico do local, que abriga o capitão Antonio Corelli (Nicolas Cage) por exigência das forças de ocupação em sua casa. Inicialmente Pelagia rejeita qualquer forma de aproximação de Corelli, pois ele é o inimigo, mas com os dias a amizade entre Corelli e Pelagia cresce. A beleza e inteligência dela conquistaram o coração do capitão e o afeto que ele tem com a comunidade o faz questionar suas razões para lutar. Um filme marcante com ótimas atuações de Nicolas Cage e Penelope Cruz.

5. Charlotte Gray – Paixão sem fronteiras, 2002

shotimg63663_5

Em 1942, em plena Segunda Guerra Mundial, Londres está bloqueada e diversas bombas são lançadas sobre a cidade. Disposta a ajudar no que lhe for possível, Charlotte Gray (Cate Blanchett) decide por deixar a Escócia e partir rumo a Londres. Ao chegar ela logo conhece Peter Gregory (Rupert Penry-Jones), um piloto da força aérea britânica, por quem se apaixona. Mas o namoro dos dois é bruscamente interrompido quando Peter é convocado para uma missão aérea na França, onde seu avião é abatido e ele fica desaparecido. Acreditando que Peter ainda esteja vivo e escondido pela Resistência Francesa, Charlotte decide partir rumo a França. Uma história onde o amor supera todos os obstáculos. Com uma atuação espetácular de Cate Blanchett.

6. Um amor para toda vida, 2007

micha-barton-filme

Em Michigan de 1941, a bela Ethel Ann (Mischa Barton) conquista o coração de três amigos: Teddy Gordon (Stephen Arnell), Jack Etty (Gregory Smith) e Chuck Harris (David Alpay), todos integrantes da aeronáutica. Ethel se apaixona por Teddy e com ele vive uma grande paixão. Porém, após o ataque japonês a Pearl Harbor os três amigos são chamados à guerra e Teddy e Ethel casam-se em segredo. Preocupado com a esposa, Teddy estabelece um pacto secreto com o amigo Chuck, para que ele cuide dela caso Teddy não retorne da guerra. Um filme surpreendente.

7. A espiã, 2008

Black-Book_blog_704

Durante a 2ª Guerra Mundial, Rachel Stein (Carice van Houten) é uma linda cantora judia, que está escondida. Quando o local em que está é destruído por um bombardeio, ela e um grupo de judeus decidem atravessar Biesbosch para chegar ao sul da Holanda, que já está livre da ocupação nazista. Entretanto o barco deles é interceptado por uma patrulha alemã. A partir de então ela se une à resistência, adotando o nome de Ellis de Vries. Um filme onde o amor acaba surpreendendo e mudando os planos da protagonista. Filme disponível na Netflix.

8. Desejo e Reparação, 2008

desejo-e-reparacao
Aos 13 anos, a jovem Briony (Saoirse Ronan/ Romola Garai) demonstra ter um grande talento para ser escritora, principalmente por sua intensa criatividade. Um dia, ela pensa ter visto sua irmã mais velha, Cecília (Keira Knightley), sendo assediada por Robbie (James McAvoy), o filho da governanta de sua casa. Ela fica em silêncio por um tempo, mas levada por sua imaginação fértil acusa Robbie de ter feito coisas horríveis. O rapaz é preso, mas Cecília que está apaixonada por Robbie acredita em sua inocência. O filme é maravilhoso, tem a guerra como plano de fundo e é uma bela adaptação do livro de Ian McEwan.

9. O Leitor, 2008

8reader

Na Alemanha após a Segunda Guerra Mundial o adolescente Michael Berg (David Kross) se envolve, por acaso, com Hanna Schmitz (Kate Winslet), uma mulher que tem o dobro de sua idade. Apesar das diferenças de classe, os dois se apaixonam e vivem uma bonita história de amor. Um dia Hanna desaparece misteriosamente. Oito anos se passam e Berg, então um interessado estudante de Direito, se surpreende ao reencontrar Hanna em um polêmico julgamento sobre crimes de guerra. Filme disponível na Netflix.

10. Suíte Francesa, 2016

maxresdefault (1)

Durante a Segunda Guerra Mundial, na França, Lucile Angellier (Michelle Williams) passa os dias junto de sua sogra (Kristin Scott Thomas) esperando pelo retorno do marido, um prisioneiro de guerra. Não demora muito para que o pequeno vilarejo onde Lucile mora comece a ser invadido por soldados alemães, incluindo Bruno von Falk (Matthias Schoenaearts). Apesar de resistir aos flertes do soldado, Lucile acaba se apaixonando quando ficam hospedados sob o mesmo teto. O filme foi inspirado em memórias reais encontradas no diário de Irène Némirovski, uma prisioneira de guerra. Filme disponível na Netflix.

Acompanhe a autora dessa lista no Facebook pela sua comunidade Vanelli Doratioto – Alcova Moderna.

COMPARTILHAR
Vanelli Doratioto
Vanelli Doratioto é uma escritora paulista, amante de museus, livros e pinturas que se deixa encantar facilmente pelo que há de mais genuíno nas pessoas. Ela acredita que as palavras são mágicas, que através delas pode trazer pessoas, conceitos e lugares para bem pertinho do coração.



DEIXE UMA RESPOSTA