7 motivos pelos quais ser altamente sensível é um dom

Certamente você sabe, assim como eu, que ser uma pessoa altamente sensível ou PAS tem seus prós e contras. É hora de mudar a eterna visão que geralmente temos de que a sensibilidade não é algo bom na hora de administrar as nossas experiências.

Precisamos entender que ser sensível só quer dizer que você está conectado de uma forma muito mais ativa e produtiva consigo mesmo.

Se você continua pensando que depois de toda uma vida percebendo até o mínimo detalhe, isso não é algo positivo, eu gostaria de convidá-lo a ler estes 7 motivos pelos quais ser altamente sensível é um presente.

“A verdade é para o sábio; a beleza, para o coração sensível.”
-Friedrich Schiller-

Porque faz com que você seja mais honesto/a

Ser altamente sensível o empurra a ser mais coerente com aquilo que sente por dentro, caso contrário você fica preso emocionalmente. Isso quer dizer que compartilhamos facilmente aquilo que sentimos, demonstrando por cada poro da nossa pele a emoção que estamos desfrutando, por muito positiva ou negativa que possa ser.

Nos permitimos ser autênticos e sermos o que verdadeiramente somos, sem rodeios ou bloqueios. Muitas pessoas poderão pensar que esta forma de perceber a vida denota certa estridência, mas na realidade o que vale é o que o seu coração sente. Aquilo que os outros jamais poderão calar. E quanto mais forte for, mais fará com que você seja livre para viver como quiser.

A intensidade reina nas suas emoções

Quando você sente a dor do outro, a intensidade se converte na melhor amiga das suas emoções: o amor, a dor, a decepção e a alegria.

A sociedade nos faz perceber a intensidade como algo ruim, já que se não soubermos gerenciá-la podemos perder o controle e não conseguir fazer nada do que desejamos ou precisamos.

Mas, é aí que eu me pergunto: O que há de errado em não deixar nada pendente na sua vida? Aprenda a gerir a sua intensidade em cada emoção, em cada palavra, em cada momento da sua vida e então a sua existência será incrivelmente maravilhosa.

Você se conecta com a vida 

Para mim, um dos imensos dons que envolvem ser uma pessoa altamente sensível ou PAS é que você se conecta com a vida. Os seus dias, absolutamente todos, têm um sentido enorme. Tudo vale, porque tudo tem um porquê. Ser assim lhe permite ver a magia de tudo ao seu redor e compreender por que você é quem é. Permite compreender o porquê da sua pessoa e daquelas que você ama.

As ações deixam de ser algo comum, estereotipado. Você aceita que a vida está fluindo, que as coisas mudam, que você aprecia o que sente e desfruta. E sobretudo você se permite “deixar levar” e, portanto, ser livre. Livre para ter a consciência de que tudo, absolutamente tudo tem o seu porquê.

Mulher-olhos-fechados

Seu coração brilha para você e para quem você ama

Ser sensível lhe faz sentir qualquer emoção a um nível imensamente excepcional. Por isso, a sua empatia se desenvolve a níveis inesperados, fazendo com que você seja muito mais compassivo se decidir usar esse dom positivamente.

Você pode tornar sua qualquer sensação alheia, porque a vida lhe entrega a missão de escutar e ajudar incondicionalmente. Você aprende que está autorizado a dizer não, mas sempre irá adorar oferecer a sua ajuda àquela pessoa que merece seu amor incondicional e seu coração de ouro.

Sua intuição é como uma estrela cadente

Você tem um nível de sensibilidade tão alto que pode se permitir sentir mais além do que o estabelecido. Saiba que quando você flui e ignora as coisas mais fúteis, a sua intuição desperta de uma forma sobrenatural. E você a converte em uma ferramenta potente para se sentir pleno e feliz.

Você se permite pressentir situações e sentimentos, tanto seus quanto dos outros. Desta forma, você gere o seu próprio EU, a sua essência e, o mais importante, seu amor por si mesmo e pela vida por aqueles que você ama. Você permite-lhes uma ajuda eficaz inconscientemente, algo que amplia seu coração e lhe faz uma pessoa ainda melhor.

Você sabe se relacionar com os outros 

Contarei para você o que está acontecendo atualmente comigo e com o meu parceiro. Acontece que quando você é uma pessoa altamente sensível, você percebe os pequenos brilhos das pessoas com quem está se relacionando, como se se tratasse de um mapa do tesouro. Esses brilhos o guiam até onde se encontra o verdadeiro potencial dessa pessoa, suas necessidades, segredos inconfessáveis…

Você é alguém muito perspicaz, o que lhe permite saber muito mais e adiantar o que as outras pessoas querem de forma muito mais intensa do que o habitual. Tudo isso lhe permite criar vínculos inconscientes cheios de intensidade com seus entes queridos e com o meio ambiente.

Ser altamente sensível constitui a sua verdadeira essência

Haverá muitas pessoas que não irão entendê-lo, algumas poderão até desencorajá-lo em uma tentativa de subestimar o fato de que ser sensível implica algo maravilhosamente bom.

Lembre-se de que quando algo nos dá medo, nós seres humanos temos uma tendência a subestimar e rejeitar isso diretamente, sem pararmos para pensar se isso pode ou não ajudar a pessoa em questão.

Provavelmente, como aconteceu na minha vida, você já se sentiu incompreendido milhões de vezes ou sentiu que “algo não ia bem” na sua vida. Espero que com estes 7 motivos você compreenda o imenso potencial e dom vital que você pode e tem direito a desfrutar como o ser humano que é.

“A sensibilidade constitui o próprio egoísmo do eu. Trata-se do senciente e não do sentido. O homem como medida de todas as coisas — isto é, não medido por nada —, que compara todas as coisas, é incomparável; ele se afirma no sentir da sensação.”
-Emmanuel Lévinas-
Fonte indicada: A Mente é Maravilhosa
COMPARTILHAR
A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA