Todas as pessoas podem nos ensinar algo

Olho para o rosto das pessoas e percebo que elas poderiam me ensinar muito e mudar a minha vida. Não é verdade que todas as pessoas, todos os amigos ou namorados, nos ensinam lições muito valiosas e modificam algo em nós, para melhor ou para pior?

Alguns textos que li comparam o nosso caminho pelo mundo como uma viagem de trem ou ônibus. Durante a viagem vamos cuidando dos relacionamentos que nos fazem felizes e temos a oportunidade de conhecer novas pessoas e experiências de todos os tipos.

“Acredito que algumas pessoas nunca nos deixam, nunca vão embora completamente, ainda que não estejam por perto. A sua essência fica, ouvimos a sua voz e sentimos o seu sorriso. Algumas pessoas nunca nos deixam; elas são eternas”. -Llani Ribeiro-

O melhor dessa viagem é que o que encontraremos nas estações futuras é um mistério. Mas as estações que passamos ou estamos passando vão nos construindo emocionalmente.

Existem pessoas que deixam marcas

As pessoas que nos afetam de alguma forma ficam em nosso coração para sempre. Existem corações, rostos e beijos que deixam marcas que nos enriquecem, e há outros que simplesmente decoram a paisagem.

Alguns chegam sem avisar e ficam para nos ensinar o que significam sentimentos como a amizade, o amor, a confiança, etc. Outros ficam por um período curto de tempo, apenas o necessário para nos salvar de uma situação difícil. Alguns estão conosco desde o início da viagem, como a nossa família, com a qual aprendemos especialmente o valor das recordações, o poder do carinho e do calor humano.

Talvez um dia nos lembremos até mesmo daquelas pessoas que o coração decidiu esquecer em algum momento. Sim, existem pessoas que o coração decide esquecer porque nos machucam, porque querem ir embora ou porque simplesmente é o momento de deixá-las ir.

Pessoas que podem nos ensinar a fazer diferente

Forrest Gump dizia que “a vida é como uma caixa de bombons, nunca sabemos o que vamos encontrar” e estava certo em todos os sentidos. Temos enfatizado esse pequeno círculo pelo qual temos afeto e nos faz feliz, no entanto, existem pessoas que nos decepcionaram, nos machucaram ou nos surpreenderam pelo seu comportamento inadequado.

Algumas pessoas chegam por um motivo especial: para que aprendamos com o seu mau comportamento a não cometer os mesmos erros. Com elas aprendemos o que não queremos ser, o que não queremos fazer.

Portanto, assim como as experiências tristes nos causam dor, as pessoas que agem com perversidade nos trazem um aprendizado. Depois que elas desembarcam do nosso trem, percebemos que não devem voltar e que a sua missão terminou: ficarão no passado e a sua lembrança nos ajudará a enfrentar o futuro, mesmo que não acreditemos nisso.

Nossa vida, retalhos de outras vidas

Conhecemos muitas pessoas ao longo da vida: alguns rostos nem percebemos e outros se tornam retalhos mágicos e autênticos da nossa vida. Eles são pequenos pedaços do tempo e experiências compartilhadas que se tornam enormes quando calculamos o seu valor emocional.

Ao longo dos anos vamos acumulando conversas nas paradas do trem, encontros em concertos, reflexos de uma outra alma em uma lágrima, confiança adquirida em um café, lições e decisões que nos fazem crescer… Aprender está em nossa mãos: observe qual a razão pela qual uma pessoa aparece de repente e decide se deixar conhecer, mesmo que seja por um minuto apenas.

“Cada pessoa que passa pela nossa vida é única.

Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós.

Existem aqueles que levarão muito, mas haverá aqueles que não deixarão nada.

Esta é a prova de que as almas não se encontram por um acaso”.

-Jorge Luis Borges-

Mais importante do que tudo o que você pode aprender com os outros é o que você pode aprender com você mesmo. Você perceberá que este é um processo muito gratificante: conhecer a si mesmo.

Fonte indicada: A Mente é Maravilhosa / Cristina Trilce

COMPARTILHAR
A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".



DEIXE UMA RESPOSTA