Ser adulto: um manual

Acorde cedo e tome café.

Adulto não bebe toddynho, bebe café porque teve insônia e precisa trabalhar no dia seguinte.

Vá para o escritório, olhe para os estagiários de maneira condescendente e ligue o computador. Fale em termos difíceis e finja que está trabalhando nos relatórios e planilhas, quando na verdade esta jogando candy crush no Facebook.

Aliás, aquelas aulas de artes cênicas agora vão valer a pena porque adulto gosta de fingir.

Finja que está tudo bem, que é cheio de certezas, mesmo sabendo que as únicas certezas que você tinha ficaram na adolescência, porque de lá para frente foi só dúvida atrás de dúvida.

Não faz mal, todo mundo finge que sabe o que faz.

Não economize dinheiro para fazer mochilão na América do sul ou na Europa. Adulto economiza para comprar apartamento e fazer festa de casamento. Beba uísque, mesmo que você ache ruim, porque é caro e é bebida de adulto, ao contrário de Catuaba.

Nas reuniões com os amigos não fale da dor de cotovelo que sente da sua ex.

Adulto é civilizado e apenas espera o melhor para os outros. Supera rápido e com ensinamentos de Osho. Fale de política e economia. Se você não souber nada, dê uma olhada no facebook daquele cara que parece inteligente e copie os argumentos dele. O desespero pode bater, mas lembre-se é melhor do que falar que passou a noite stalkeando a ex e por isso teve que se entupir de café no dia seguinte.

Ser adulto é exaustivo e meio solitário.

Mas fique calmo! Se tudo der errado, entre em contato novamente com a sua criança interior.

É bem mais divertido…e ouvi dizer pode beber toddynho.

COMPARTILHAR
Giovanna Ghersel
Tem 23 anos, é advogada e aprendiz de escritora. Viciada em séries, viagens e desventuras amorosas. Gosta de desabafos de bar, cantar "Evidências" no karaokê e misturar abusivamente Netflix com pipoca. Contribui para a sustentabilidade reciclando experiências em forma de textos e, quando indagada se deve ou não publicar uma crônica reflete: o que Taylor Swift faria?"



DEIXE UMA RESPOSTA