O amor exige paciência

Quando eu digo isso, não me refiro a paciência de “não discutir”, vai além. O amor exige paciência, até como forma de investimento. Ninguém está pronto 100% quando entra em um relacionamento. O homem e a mulher sempre trazem uma bagagem, ás vezes pequena ou grande demais. Esse “tamanho da bagagem”, é relativo para a pessoa que vai receber. O que pode ser fácil para eu lidar, para o outro, pode ser complicado demais, penoso demais. Por isso que, amar exige paciência e isso, você só consegue adquirir exercitando, não tem outro jeito.

Todo mundo tem passado, histórias que foram resolvidas mas ainda deixaram marcas, dores que não foram cicatrizadas. Como você lida com isso? Como você tem ajudado o seu parceiro ou sua parceira? Ás vezes, se não a maioria, as pessoas precisam apenas de um par de ouvidos e um colo, e posso te falar uma coisa? Vai exigir sua paciência. Tudo porque você não é igual o seu parceiro, você pensa diferente, você age diferente, e a paciência entra justamente respeitando os limites do outro, o jeito do outro.

Se ele ainda não quer compartilhar os problemas dele com você, espere um tempo, converse com sutileza. Se ele age diferente diante de alguma situação ruim, passe alívio, seja o “porto seguro”. Se ele tem um passado que está difícil para você carregar, converse. Não guarde essas dores para você. Ser paciente é isso! É esperar que o tempo vai te ajudar, é acreditar que as coisas vão se resolver, é conversar sem cobrança, é mostrar que você está ai em todas as horas. Ser paciente vai além do que você se segurar para “não brigar”, acredite.

E se você realmente for paciente, tiver feito de tudo para entender as dores do outro, e mesmo assim, ele não queira você nos problemas pessoais dele, então é hora de você seguir a diante. Porque amor exige paciência, mas até ser recíproco. Se não virar reciprocidade, melhor deixar ele resolver as questões que o assombra sozinho. Talvez ele precise de tempo, de descoberta, de se acertar com tudo.

Enfim, se for para amar, ame por inteiro. Ame por tudo que ele tem. Mesmo com os defeitos, com o passado, AME! E lembre-se: O amor exige paciência.

COMPARTILHAR
Déborah Izy
Taurina, cerveja, ler, escrever, barzinhos, cinema, séries, filmes, super heróis, e amante da vida, acredito fielmente no amor. Vamos viver!



DEIXE UMA RESPOSTA