Não deixe para amanhã, o amor que você precisa demonstrar hoje.

Tem dias que são assim mesmo, pesados. O coração quer sair para fora do peito e gritar, os olhos transparecem o que a alma sente. E não há nada que possam falar para nos sentirmos confortados. É como uma tristeza profunda e sem grandes explicações. O sorriso esconde-se entre os lábios. É preciso muita força para empurrar com a barriga, uma vontade de deitar na cama e levantar somente no dia seguinte. Com esperança de que tudo tenha passado ao amanhecer.

É um desespero, uma falta, uma sensação de vazio. É como se eu tivesse tudo, mas faltasse o mais importante. A saudade corrói e machuca por dentro, causando um desânimo contagiante. Eu sinto uma vontade de, simplesmente, sumir no mundo. Sem um destino premeditado, sem planos ou expectativas. Sair caminhando pelas ruas, sem saber aonde chegar. Deixar a vida me surpreender, virar qualquer esquina, conhecer as pessoas que cruzarem os meus passos e me permitir viver novas experiências. Quebrar a cara e consertar os estragos. Cair e levantar. Errar e acertar. Aproveitar todos os momentos como se fossem os últimos, intensamente. Buscar o que me traz paz, arriscar um pouco mais alto, mergulhar mais fundo. Me sentir livre e, ao mesmo tempo, presa no amor que o coração me algemou.

Existem muitos problemas que mexem com o nosso emocional. Mas o pior deles, no meu caso, é o arrependimento. Vocês não imaginam o quanto é triste encostar a cabeça no travesseiro e saber que eu não fui o melhor que eu poderia ter sido. As pessoas falam muito sobre aproveitar todas as chances, mas eu ainda não tinha levado a sério a importância de escolher com sabedoria. Eu brinquei muito com sentimentos alheios, mas agora tenho que lidar com a vida me cobrando por uma responsabilidade que eu nunca tive. Por uma maturidade que, talvez, já esteja na hora de aparecer. Por ironia das minhas próprias decisões, agora me encontro em um abismo. Depois de tanto desprezar, agora sou eu quem estou sofrendo uma desilusão amorosa.

Nunca deixe de dizer o quanto alguém é importante na sua vida. Demonstre, faça acontecer, não se acomode. Todo pouco é muito quando se está apaixonado. Os detalhes são notáveis, os gestos fazem toda a diferença. Não há nada mais motivador do que uma mensagem carinhosa antes de dormir, ou acordar com uma surpresa qualquer. Ter alguém para amar, hoje em dia, tornou-se uma sorte. Valorize quem dedica um tempo à você, quem faz planos ao seu lado, abre mão da própria vontade para satisfazer as suas. Reconheça quem te oferece os dois braços quando você precisa apenas de uma mão, quem te conquista, te cuida e te protege. Quem se esforça para estar com você e não usa a desculpa para fugir dos compromissos. Quem quer um relacionamento sério com você, compartilha os sonhos e, além de tudo, é disponível em qualquer minuto que você estiver precisando. Segure forte e não solte a mão de quem não desiste por qualquer problema, insiste nas diferenças e agrega nas suas qualidades. Agarre pela cintura quem faz morada em um abraço e opta por ficar, quando os demais vão embora. Seja recíproco e esteja atento aos sinais, perceba quem vale a pena e não o perca, mesmo que isso custe caro, a recompensa será redobrada. Mas não se esqueça que a vida é justa, você só conhecerá essa pessoa, se tiver créditos com o merecimento. Querer um amor todos nós querermos, estou falando de conquista.

Esforce-se um pouco mais, supere os seus limites. Aproxime-se, faça de coração e bem feito. Tente o improvável, não seja previsível. Surpreenda. Repare nos gostos, agrade com a simplicidade. Não perca a essência, respire um pouco mais fundo. Tenha paciência, cautela e compreensão. Respeite, sempre. Ande na linha, se não o trem te alcança. Estipule as suas prioridades, saiba o que realmente quer. Aprenda a falar não, bondade demais é prejudicial. Coloque-se no lugar do outro. Não espere nada em troca. Acredite, perdoe e recomece. Não julgue, insulte ou ofenda, converse e escute. Fale menos, mantenha o silêncio. Supere os medos, anseios e traumas. Esteja disposto a fazer dar certo, afinal, uma relação é estabilizada pela vontade de dois lados. Não seja egoísta.

Mude a sua vida, e a perspectiva de alguém. Declare-se. Às vezes, quando amamos muito alguém, muito mesmo, ficamos procurando um jeito de mostrar o quanto os nossos sentimentos são grandes. E medo de demonstrar, por vezes, nos impede de ser feliz.

Quanto tempo mais você pretende perder?

Por amor, sempre valerá a pena enfrentar os riscos!

COMPARTILHAR
Jéssica Pellegrini
Nunca confie em uma escritora confusa e romântica. As controversas entre um texto de amor e outro de desilusão, podem causar questionamentos pessoais. Consequentemente, sequelas mais graves.



2 COMENTÁRIOS

  1. Tanto a se fazer e ainda mais medo de errar.
    É um texto confessional que dá mais força ao argumento e soluções propostas (nem sempre fáceis).
    Sucesso e obrigada pela boa vontade!

DEIXE UMA RESPOSTA