Eu oro porque prefiro marcas em meus joelhos do que feridas em meu coração.

Eu oro porque, às vezes, a tempestade dentro mim é grande e eu prefiro ficar só. Não tenho vontade de conversar com ninguém. Decido não abrir o meu coração a qualquer estranho por perceber que, algumas pessoas, simplesmente não se importam. E então eu oro como quem sabe que alguém escuta e acolhe as minhas dores. Como quem sabe que ali, pode guardar o seu coração.

Se eu pudesse hoje fazer um pedido seria o de ver, por um segundo que fosse, como seria o meu futuro. Matar essa angústia do meu peito e jogar fora as incertezas que me sufocam. Eu queria ter a certeza por alguns instantes de que os sonhos que tenho alimentado, não ficarão apenas no imaginário e que mesmo tudo dando errado e estando fora do lugar, uma hora essa bagunça toda se ajeita.

Sabe quando você deseja ter certeza de que não está caminhando em vão? Que o caminho percorrido, embora longo, te leva a algum lugar? Um lugar com água gelada, sombra fresca e paz no coração.

As dúvidas e os medos tentam me derrubar a todo o momento e, olhando ao meu redor, vejo desordem. Parece que as coisas não vão se ajeitar nunca. Quando olho para mim, vejo bagunça de sentimentos, uma luta entre a fé e o medo, entre a esperança e a ilusão, entre a coragem e a dúvida. Mas, quando olho para Deus, vejo esperança, porque eu sei que as Suas promessas não falham. A gente tem pressa e quer que tudo aconteça do nosso jeito, no nosso tempo. Queremos tudo para hoje, ou melhor, para agora.

Eu sei que por mais que os meus sonhos soem como bobagem para o mundo, Só Ele sabe o quanto almejo cada pedido feito em oração. O quanto eu desejo que, cada detalhe entregue, seja cuidado e que cada desejo meu seja colocado sob a Tua vontade. Só Deus viu as minhas orações sinceras, as longas, as curtas e aquelas em silêncio. Ele viu as noites em claro, as lágrimas no travesseiro e o choro baixinho pra ninguém escutar.

Há momentos em nossa vida que tudo parece dar errado. Nos vem ao pensamento que tudo acabou e que as forças se foram. E os sonhos? Ficaram enterrados. Mas Deus vem e acalma a tempestade, com uma palavra de amor vinda de alguém tão distante de nós, com um louvor escutado por acaso, uma mensagem recebida que nos toca a alma e o coração e isso nos faz ter a certeza de que Deus cuida de cada detalhe de nossas vidas. Ele se preocupa com a gente.

Ele sabe exatamente a hora certa de agir e por mais que as coisas não saiam como o planejado, por mais que Deus pareça se esquecer dos nossos sonhos e a ansiedade queira nos dominar, Ele continua agindo da maneira mais sábia e incrível. Ele continua nos tocando com palavras, Ele continua tocando pessoas. Deus permanece usando e fazendo de gente como a gente, instrumentos em Suas mãos.

E então eu tenho a certeza que não importa quanto tempo algo leve para acontecer ou se aquilo que almejo estiver escrito nos Seus planos irá acontecer. E caso não aconteça, guardo o não cuidadoso de Deus no bolso, como quem deseja ter em sua vida somente aquilo que for da Tua vontade.

Eu oro porque prefiro marcas em meus joelhos. Porque depois de tantos machucados, decidi entregar o meu coração a quem realmente tem interesse em cuidar dele: Deus.

COMPARTILHAR
Thamilly Rozendo
Estudante de psicologia, apaixonada por artes, música e poesia. Não dispensa um sorvete e adora um pastel de feira com muito requeijão, mesmo sendo intolerante a lactose. Tem pavor de borboletas, principalmente as no estômago.



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA