Ainda não estou preparado para desistir do amor

Vejo luzes na cidade. Percorro ruas e, nelas, os amantes vindos de todos os lugares. Amores de muitas cores e sentimentos ainda mais expansivos. Mas como fica o coração que desistiu do amor? Em duras quedas, assumiu um estado de acomodação. Não acredita. Não escuta. Não sente. Perdeu o cintilar das palavras e dos sentidos que elas almejavam. Relacionamentos instantâneos e passíveis de solidão. Uma pena. Agora, os concretos que formam grandes metrópoles, perdem-se nos abraços não dados e nos beijos contabilizados.

Mas viver é um salto para a libertação. É preciso coragem, paciência e doses inteiras da mais legítima disposição. Porque contrariar esse sentimento quente é navegar em mares mornos. A graça do encontro é o súbito nascer de novo que ele desperta. Nos olhares acolhedores, nos sorrisos transparentes e nos carinhos em tom maior. Mas incomum aqui, o respeito. Reciprocidade do primeiro instante em diante. Sem economia para dizer o que se sente. Sem freios para sentir o que se diz. Enquanto isso, a vida reluz oportunidades.

Tão logo seja o gesto revolucionário, os intensos agradecem. Não seria uma questão amena da falta, mas do derramar sem querer ausência. E assim os indivíduos românticos nascem, crescem e somam. Corroborados pela vontade, não necessitam pedir. Naturalmente, o amor acontece. Benditos os frutos incumbidos sob essa efervescência. Os que bebem do ritmo inebriante, descompassado e tateável da troca. O amor sereno. O amor novo de novo.

Continuo enxergando brilho nos futuros amantes. Ainda não estou preparado para desistir do amor. E desconfio que esse dia nunca chegará. Porque, apesar dos golpes sofridos num passado já interrompido, é no toque cálido dos lábios futuros que a tranquilidade haverá de ser residente. Nada como outras mãos resilientes para reconhecer felicidade por detrás dos caminhos postos à luz de todos. Luzes no escuro.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



Guilherme Moreira Jr
"Cidadão do mundo com raízes no Rio de Janeiro"

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here