5 sinais de que você está tomando a decisão errada

Por Júlia Warken

Por mais racional que a gente tente ser, a tomada de decisões importantes é algo que mexe com as emoções, né? Nem sempre dá para ver as coisas com clareza e nessas horas é mega importante refletir antes de tomar qualquer atitude. E o primeiro passo é conseguir identificar os sinais vermelhos que indicam que talvez você esteja entrando numa roubada. Por isso, reunimos aqui algumas pequenas dicas – que são bem simples, na verdade – que ajudam a perceber esses sinais. Inspira, expira e não pira, amiga!

1. Você está indo rápido demais.

Pode parecer piegas, mas fazer uma boa e velha lista de prós e contras é superválido. Colocar tudo no papel realmente pode fazer a diferença! Verifique sua listinha tantas vezes quanto necessário e dê uma atenção especial aos itens mais espinhosos. Não atropele etapas na tomada de decisão. Em certas situações somos pressionadas a decidir algo “pra ontem”, mas você precisa ser sincera consigo mesma acima de tudo!

2. Você está mais ansiosa e emotiva do que o normal.

Tem momentos em que a gente acaba tomando decisões drásticas num rompante e isso não é bom. Aquele ditado de que “é melhor fazer de uma vez, como quem tira um band-aid” não se aplica a tudo na vida. A ansiedade nunca é amiga da tomada de decisões. Mesmo que seja cansativo, refletir e arejar as ideais é sempre a melhor coisa a se fazer. E lembre-se: racional e emocional devem estar alinhados antes que você bata o martelo.

3. Você está se sentindo exausta.

Sinal vermelho importante! A correria do dia a dia é inimiga da tomada de decisões. Seu chefe está colocando pressão? Explique que você precisa refletir a respeito durante o final de semana. Uma mente exausta não consegue computar os riscos com clareza e um banho relaxante ou uma boa noite de sono podem fazer toda a diferença frente a uma grande decisão!

4. Você está indo contra os seus instintos.

Vencer o medo é superimportante para fazer as coisas darem certo, mas isso não significa que a gente deve se jogar de cara. É importante saber reconhecer o que é medo e o que é o seu instinto acendendo o farol vermelho. Mais uma vez: é preciso estar com a cabeça serena para ver as coisas com clareza e organizar as ideais.

5. Você não fala com ninguém sobre o assunto.

Você consegue conversar abertamente sobre a indecisão que está tirando seu sono? Se a resposta for “não” esse é um sinal vermelho a ser considerado! A decisão final deve ser sua, mas pedir conselhos a quem você confia é sempre uma boa pedida nessas horas. Converse com alguém, nem que seja para desabafar. Explicar a situação a outra pessoa também é uma boa forma de organizar suas próprias ideias com mais clareza.

Fonte indicada: M de Mulher

COMPARTILHAR
A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".



DEIXE UMA RESPOSTA