Oração da Fragilidade

Que eu saiba aceitar as lágrimas quando querem rolar, que eu possa também aprender a pedir a ajuda que eu precisar. A fortaleza que mora em meu ser, também por vezes se cansa e nisso não há mal nenhum, é um processo natural em nossa andança.

Que, mesmo que eu ache que perdi meu rumo, eu saiba aceitar que existem situações que eu não sei lidar. E não há mal nenhum em me fragilizar. Nem sempre saberei compreender sozinha, e por isso Deus me deu anjos e irmãos de caminhada que trazem o apoio certo, que é bom demais ter por perto.

Que eu aprenda a aceitar os momentos de vulnerabilidade e saber que eles também vão passar e que de alguma maneira eu, muitas lições deles, vou tirar. A vida não é um processo à toa e a fragilidade nos mostra muito mais das nossas verdades. Que ela seja na proporção certa para atingir a cura necessária. A que me alcança de dentro para fora, a que me atinge e por inteiro me renova.

COMPARTILHAR
Meire Oliveira
Meire Oliveira é Escritora, Poeta e Coach de transformação. Amante das estrelas e das estradas. Autora dos livros Pintando Borboletas e Vai Com Fé que Flui. Conjuga o verbo escrever com vários outros juntos: ama, sente, vê. Por isso nasce e renasce em palavras que palpitam nela.



DEIXE UMA RESPOSTA