8 coisas que as pessoas mentalmente mais sadias evitam

Ser mentalmente saudável inclui ter hábitos e atitudes saudáveis para consigo mesmo e com os outros.

Pessoas mentalmente saudáveis têm maior controle sobre suas emoções, atitudes e pensamentos. Seu comportamento é direcionado para bem-estar próprio e daqueles ao seu redor. Por isso veja aqui se você se encontra no lado certo da moeda

Pessoas mentalmente mais sadias evitam:

1. Achar que alguém irá completá-las

Esse tipo de pessoas não depende de outros para sentirem-se completas, pelo contrário, procuram ser completas antes de procurar alguém para se relacionar. Pessoas saudáveis não se ressentem da solidão e adoram a própria companhia. Gostam tanto que querem dividir sua companhia com alguém especial.

2. Sentir-se vítimas das circunstâncias

Pessoas mentalmente saudáveis se recusam a sentar e reclamar da vida e das pessoas. Ao contrário, estão tão ocupadas construindo suas próprias vidas que não têm tempo para reclamar ou lamentar. Veem os outros como companheiros em um mundo que nem sempre é justo ou fácil.

3. Envolver-se em excesso nos problemas alheios

Os mentalmente saudáveis não se envolvem nos problemas dos outros simplesmente para compartilhar sua dor. Eles se compadecem, e até podem chorar junto – por um tempo. Em seguida buscam ver em que podem ajudar, e o fazem. Porém, sabem que absorver o problema do outro não ajudará ao outro e será péssimo para si mesmo.

4. Tentar agradar a todos

Isso é impossível. Jesus Cristo é perfeito e nunca agradou a todos. Tentar fazer isso é atentar contra a própria sanidade mental. Além de, claro, não ter a mínima necessidade de se fazer. Pessoas mentalmente sãs buscam apenas serem justas e cuidadosas com os outros.

5. Repetir sempre os mesmos erros

Aprender com os erros e não os repetir é fundamental para o bem-estar emocional e equilíbrio de qualquer um e os mentalmente saudáveis sabem disso, por isso assumem a responsabilidade por seu comportamento e não culpam os outros ou as circunstâncias por seus erros e os corrigem tão logo os tenham cometido.

6. Ser imediatista

Não trocam o sucesso em longo prazo por prazeres momentâneos. Sabem esperar, têm paciência e não acham que tudo deve ser quando querem e do modo que querem, como crianças mimadas. Entendem a relação causa/consequência e a lei da colheita.

7. Reclamar

Esse tipo de pessoa sabe que reclamar nunca resolveu nenhum problema. São apenas afirmações para si mesmo de que você não é capaz de resolver um problema ou que é uma vítima involuntária – pensamentos que tiram o poder individual. Ao invés disso, analisam o problema, meditam sobre ele, buscam as soluções e se não puderem resolver tudo, aceitam isso.

8. Permanecer em relacionamentos não saudáveis

Pessoas mentalmente mais saudáveis não têm relacionamentos descartáveis. Elas entendem que todo relacionamento é construído pelas pessoas envolvidas nele. Elas fazem sua parte e até além da sua parte para manter seus relacionamentos e valorizar a pessoa envolvida. Porém, se todos os seus esforços não estão conseguindo fazer com que seu relacionamento seja saudável, elas não se culpa. Elas não se tornan um avestruz que enfia a cabeça na areia. Elsa simplesmente saem do relacionamento doente.

Há muitas atitudes que pessoas mentalmente mais sadias fazem e que beneficiam a elas mesmas e aos outros. Não têm medo de ser o que são e se orgulham em sê-lo. Tomam suas próprias decisões, cuidam de suas próprias vidas e tornam o mundo um lugar melhor com sua presença.

Fonte: Família

Nota: Lembre-se, se você se sente perdido em um desses itens, procure ajuda. Na vida seguimos em busca do equilíbrio, mas todos nós podemos nos desestabilizar. A melhor atitude é aquela de sempre tentar perceber os deslizes que nos adoecem e retomar a estrada que nos mantém bem e mais saudáveis.

COMPARTILHAR
A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".



DEIXE UMA RESPOSTA