14 caminhos para abrir sua vida a novas oportunidades

Por Stephanie Gomes

Eu, você e todo mundo já passou e ainda vai passar por muitas mudanças durante a vida. Mudanças boas e mudanças ruins, altos e baixos, perdas e ganhos, conquistas e renúncias. Nossa história é construída graças a estas oscilações que nos fazem trocar de lugar, transformar ideias, abandonar uma coisa e iniciar outra e, principalmente, crescer.

É difícil imaginar uma vida sem mudanças. Todas as suas escolhas e decisões, por mais simples que pareçam, mudam o rumo da sua vida e continuarão mudando até que ela chegue ao fim. Cada segundo é uma nova chance de você mudar sua vida para melhor, e é nas oportunidades que criamos e que surgem em nosso caminho que nós decidimos quais serão as transformações mais importantes em nossas vidas. Você está onde está hoje graças a todas as decisões que tomou diante das oportunidades que teve, tanto as que aproveitou como as que ignorou.

Não importa o que você fez no passado que te trouxe até aqui, agora é hora de pensar em como você quer dirigir sua vida daqui pra frente. Tudo sempre pode mudar. Mas a mudança precisa começar em você.

Você está sonhando com uma grande mudança? Já assumiu que não está onde gostaria e sabe que quer mudar, mas não consegue enxergar nenhuma chance de isso acontecer? Comece parando de se preocupar com o que você ainda não tem (a oportunidade) e preocupe-se em abrir caminhos em sua vida para que ela chegue até você. Estas dicas vão te ajudar a manter-se atento, descobrir coisas novas, enxergar onde há chances e aprender a transformar coisas pequenas e simples em grandes oportunidades:

1) Escute

Já aconteceu de você se surpreender ao ouvir alguém falar algo que era exatamente o que precisava escutar naquele momento? Isso é bastante comum, mas sempre nos surpreendemos quando acontece. Estas “mensagens” chegam até nós quando estamos com os ouvidos atentos. Elas podem vir de um amigo, um parente, um professor, de alguém falando na televisão, de uma conversa entre desconhecidos ou de qualquer pessoa. Se você está sempre distraído, provavelmente já perdeu algumas destas mensagens. Mas quando está atento ao que é dito ao seu redor, começa a perceber que elas surgem com bastante frequência para te oferecer lições ou estimular reflexões. Procure ouvir mais. Este é um bom início de caminho para descobrir coisas interessantes sobre você mesmo e sobre a vida.

2) Veja

Mais comum ainda do que a falta de atenção auditiva, é a distração visual, que faz com que as pessoas olhem cada vez menos para o que há às suas voltas. Graças aos smartphones, não olhamos mais pela janela do carro ou do ônibus, não olhamos mais as pessoas nos olhos, não apreciamos belas visões e paisagens e perdemos muito em aprendizado. Quanta coisa inspiradora você poderia ter visto se apenas observasse um pouco mais! Mas este é um hábito que você pode adquirir. Faça um esforço para, em alguns momentos do dia, parar e apenas observar. Sem tirar fotos, sem ficar destravando a tela do celular a cada cinco (ou um) minutos. Observar pode ser um grande prazer e, de quebra, você começará a enxergar que há muita coisa interessante nas situações cotidianas que podem acrescentar grandes quantidades de inspiração à sua vida.

3) Faça algo daquela sua lista de coisas-que-eu-nunca-vou-fazer

Lembre-se de todas as vezes que você completou a frase “eu nunca vou…”. Conseguiu lembrar pelo menos algumas? Agora escolha uma delas e vá desafiar suas crenças, se aventurar e se surpreender fazendo algo que nunca se imaginou fazendo! Cante no palco do karaokê, vá a um show de rock’n roll, tente praticar um esporte radical, experimente aquela comida exótica, vá acampar! Tente também escolher uma daquelas coisas que você diz que “não tem jeito pra isso” sem nunca ter tentado, e faça. Um pouco de ousadia não faz mal a ninguém. Você pode se surpreender ao perceber que tem jeito sim, e que, ainda por cima, gostou da experiência. Caso contrário, no mínimo será mais uma história divertida e engraçada para você contar aos seus netos.

faca-algo-da-sua-lista

4) Inspire-se com histórias incríveis e improváveis

Não faltam histórias de pessoas que mudaram totalmente suas vidas de forma improvável. Em uma busca rápida na internet é possível encontrar várias. Você já deve ter visto algumas, mas a partir de agora, quando se deparar com uma história de mudança de vida, leia com atenção. Inspire-se. Histórias como a da mulher que criou um negócio bem-sucedido de mini coxinhas vendidas a R$1 ou do mendigo que virou milionário criando bolsas estão aí para te provar que nada é impossível. E há muitas outras para te mostrar que você pode também estar entre elas, se quiser. Se, antes de conhecer estar histórias, uma mulher dissesse para você “vou ficar rica vendendo coxinhas” ou você visse um mendigo costurando bolsas, acreditaria que eles poderiam conquistar o que conquistaram? Se sua resposta é não, provavelmente você também costuma duvidar da possibilidade de suas ideias e projetos. Sempre que desacreditar de si, lembre destas histórias.

5) Transforme aquilo que você sabe em algo real

Você pode até não ser especialista em nada, mas com certeza sabe muita coisa. Você tem aprendizados que saíram de suas experiências (boas e ruins), dos lugares que já foi, das coisas que viu e ouviu, das emoções que sentiu… nunca diga que não tem nada de bom a oferecer, porque todo mundo tem. Olhe para você, encontre coisas das quais se orgulha ou lembre-se dos elogios que já recebeu. Talvez você seja muito bom em ajudar pessoas com conselhos, em escrever críticas de filmes ou em desenhar. Você pode ser super flexível, conhecer coisas interessantes sobre um lugar, ser bom em fazer as pessoas rirem, ter facilidade com uma matéria escolar. E estes seus conhecimentos e habilidades podem se transformar em arte, em conteúdo para ser compartilhado, em um negócio inovador ou em objetos úteis. Comece a se auto-analisar e procurar coisas em que seja bom, mesmo que não te pareçam servir para nada. Comece a usá-las, transforme-as em algo real. Muita coisa boa pode ser criada por você, acredite!

6) Dê-se permissão para falhar

A partir do momento em que você se permite falhar, adquire um dos bens mais preciosos da vida: liberdade. Esquece a vergonha, perde o medo e consegue acreditar na possibilidade daquilo que você deseja dar certo. Quando para de se preocupar com possíveis erros, você finalmente consegue ir além. E “além” é onde quase ninguém vai, por isso é exatamente onde você precisa ir para encontrar oportunidades incríveis.

7) Confie mais na vida

Mantenha-se aberto e confiante. Coloque sua fé acima dos seus medos. Saiba que, por mais que às vezes não pareça, a vida sempre tende para o melhor. Quantas vezes uma situação pareceu o fim do mundo para você e depois de algum tempo tudo acabou se ajeitando? É SEMPRE assim, e estas são as provas de que você pode confiar. Faça das suas vontades os seus guias, escute a si mesmo, preste atenção aos seus desejos e impulsos, porque, partindo de você, a intenção é sempre te levar para um lugar melhor. Tudo passa, tudo se ajeita. Você só precisa confiar.

Processed with VSCOcam with lv01 preset

8) Procure ajuda para lidar com seus medos

O medo te desencoraja, te limita, te prende e faz você se sentir incapaz. John B. Watson, psicólogo fundador do behaviorismo (estudo do comportamento) afirmou que nós possuímos três emoções primárias: o amor, a raiva e o medo. O medo dá origem a outras emoções ruins como insegurança, angústia e preocupação. Ele pode ser controlado, mas muitas vezes é preciso mais do que trabalho introspectivo para isso. Quando o medo e outros sentimentos limitantes estão atrapalhando a sua vida, procurar ajuda é a melhor saída. Abra-se com um familiar ou amigo de sua confiança que possa te ajudar ou procure um profissional.

9) Seja mais sociável

Faça um esforço para começar algum contato com aquelas pessoas a quem diz “bom dia” todos os dias, mas nunca conversou. Elas estão ali, presentes na sua vida diariamente, e podem ser uma oportunidade de você criar uma nova amizade, ouvir uma história inspiradora, aprender algo ou despertar uma ideia. Todas as pessoas são interessantes e têm algo a transmitir, basta você dar espaço a elas e estar disposto a lhes oferecer atenção. Se você é tímido, pode tentar se aproximar de formas mais fáceis: ofereça ajuda, pergunte algo ou faça um elogio.

10) Explore

Torne-se um curioso, um explorador, um experimentador. Esteja sempre em busca de novos assuntos pelos quais pode se interessar, lugares para conhecer e ideias para colocar em prática. Procure por novas formas de arte, religiões, culturas, profissões, gastronomia, idiomas, livros, filmes, pessoas, costumes. Quando encontrar algo interessante, explore ao máximo, estude, pesquise, leia, vá conhecer. Queira sempre saber mais e conhecer aquilo que ainda não conhece.

11) Mantenha-se aprendendo

Palavras de Fritz Perls, um dos mais importantes estudiosos da psicologia: “Aprender é descobrir que algo é possível”. Não importa se você já sabe bem o que quer ou acha que tem muito conhecimento. Sempre haverá uma imensidão de coisas que você não sabe e sempre poderá expandir mais a sua mente, conhecer e enxergar novas possibilidades. O aprendizado é o caminho. É através do conhecimento que você descobre coisas novas com as quais se identifica, elabora ideias e se torna capaz de ver aquilo que os outros não vêem e de criar as próprias oportunidades.

mantenha-se-aprendendo

12) Deixe o que não te serve mais ir embora

Enquanto você está agarrado a certas coisas, é natural que outras fiquem de fora. Você não pode abraçar o mundo inteiro, mas pode escolher o que cabe dentro do seu abraço. Tenha certeza de que aquilo com que está se envolvendo – seja nos relacionamentos, na carreira, nos momentos de lazer etc – é realmente o que você quer que faça parte da sua vida. Lembre-se de que, ao fazer uma escolha, você está também abrindo mão daquilo que não escolheu. Se houver algo que não te faz mais feliz ou não serve mais para você, deixe ir. Abra lugar para o novo. É o único jeito de fazer com que aquilo que você quer tenha espaço para entrar.

13) Mude seus hábitos destrutivos

Tenho certeza de que você sabe bem quais são os hábitos que pratica e que prejudicam a sua vida. O pessimismo, a preguiça, a procrastinação, o complexo de inferioridade, a necessidade de aprovação, a falta de paciência e muitos outros podem estar travando seu caminho e impedindo que você crie novas oportunidades. Se quer ver mudanças na sua vida, precisa começar por você. Mudar um hábito é mais difícil do que parece, mas conseguir substitui-los por novos comportamentos com certeza fará uma enorme diferença. Vale a pena o esforço.

14) Se é tarde demais para fazer algo, faça!

Se você tem vontade de fazer algo, mas ainda não fez porque em algum momento passou pela sua cabeça que é tarde demais, isso é um sinal de que a vida está querendo te dizer uma coisa: FAÇA! Enquanto estiver vivo, nunca é tarde demais pra nada. Aprenda a tocar guitarra, comece a faculdade dos seus sonhos, matricule-se nas aulas de ballet ou no curso de fotografia. Toda vez que surgir o pensamento de que é tarde demais, lembre-se que a vida está te dando um sinal positivo. Vai lá e faz.

Por qual destes itens você pretende começar?

Fonte indicada: Desassossegada

COMPARTILHAR
A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA