Se você não souber o que fazer com sua vida, leia isto.

A vida é uma estrada cheia de curvas e caminhos para seguir, então sempre haverão momentos que você se encontrará em um beco sem saída, ou em uma encruzilhada, ou até mesmo, em um caminho que parece não conduzir a lugar algum, no entanto, é preciso fazer uma reavaliação de como você está seguindo esse trajeto.

Não importa em que estágio da vida você está no momento, se você está infeliz com ela, ou se não tem certeza de como proceder, haverá a sensação de que você precisa reavaliar sua situação antes de continuar.

Abaixo, leia algumas dicas de como se reavaliar quando você simplesmente não sabe o que fazer:

Não esqueça que você não tem como adivinhar o futuro, entretanto, tudo que você aprende no presente faz parte de sua bagagem.

É fato que a vida é cheia de reviravoltas. Talvez hoje você goste de fazer pinturas e descubra que pode vendê-las. Em cinco anos você pode ser um pintor (a) de sucesso ou pode simplesmente descobrir que, devido a seu gosto estético e habilidades manuais pode ser uma excelente arquiteta ou decoradora de interiores. Não importa o quão simples e singelo é o que você faz, toda experiência te aprimora como ser humano e te leva para etapas superiores. A chave é ter a humildade para aprender, a flexibilidade para se adaptar a novas situações e a criatividade de aproveitar sua história anterior para seguir ou, pelo contrário, para saber exatamente o que você não quer mais fazer.

Tente ser confortável com o desconforto.

Há momentos em que nossa vida pode ser muito desconfortável. Às vezes não temos dinheiro suficiente para fazer todas as coisas que queremos ou mesmo que precisamos fazer. Aliás, o fato de não termos é justamente o que nos motiva a lutar para continuar. Quanto nosso sonho está vinculado a um projeto pessoal, necessitaremos de muito tempo, dedicação, sacrifícios e economia para que os objetivos sejam alcançados. Entretanto, provavelmente será essa experiência adquirida no percurso a única capaz de fazer com que sejamos capazes de sustentar nosso próprio negócio. Ou você nunca parou para se perguntar por que os herdeiros destroem os patrimônios tão facilmente? Exato, porque não foram eles que construíram.

A vida é incerta. Siga com ela.

A vida está acontecendo, mesmo que você não esteja vendo, coisas acontecem o tempo todo e, por mais que você não queira pensar sobre isso, tudo pode mudar brusca e inesperadamente. Seja pela morte de alguém, seja pela perda de um emprego estável quando você já tem uma idade mais avançada, seja por causa de um desastre da natureza ou grave acidente. O fato é que você simplesmente não tem como ter a certeza que acha que tem sobre o seu futuro. Nesse ponto é importante dizer, para lidar com mudanças tão sofridas e radicais, não seria mais fácil se você tivesse trilhado uma vida onde já se mudou e já se adaptou em diversas outras ocasiões? Uma demissão ou transferência de cidade, ao contrário do que se pensa, pode ser uma grande bênção em sua vida! Siga e aprenda com as mudanças que a vida impõe!

Supere as distrações.

Infelizmente, a verdade está bem em sua cara. Você não está ficando mais jovem. Então, se você não começar a se organizar para perseguir seus sonhos, você pode acabar no final de sua vida, sem nada nem para se arrepender. Se você pensa seriamente sobre a busca de um sonho, dê os primeiros passos. Desligue suas notificações do Facebook e vá buscar tudo o que deseja. Você não vai chegar a lugar nenhum apenas pensando sobre o quão grande você poderia ser.

Tenha seu próprio tempo.

Reserve um tempo só para você. Reflita e saiba mais sobre si mesmo. Medite. Não gosta de ficar quieto? Saia para caminhar sozinho e pense enquanto anda. Anote as coisas que lhe interessam e as coisas que você poderia fazer mesmo se não precisasse ganhar por isso. É disso que você gosta! Sonhe grande. Acalme a sua mente e realmente imagina-se fazendo essas coisas.

Seja voluntário, ajude alguém e aprenda algo novo.

Às vezes é preciso arregaçar as mangas e sujar as mãos, caso contrário, nem todos os sonhos do mundo vão ajudá-lo. Há momentos em que nós pensamos que queremos fazer alguma coisa e, em seguida, uma vez que experimentamos, percebemos que aquilo pode não ser o tipo de trabalho que gostamos. Também pode acontecer exatamente o contrário e, após experimentar uma atividade que achamos que nunca gostaríamos, descobrimos que aquilo pode ser muito interessante. Aprender dá um prazer que, se não for colocado em prática, pode ser esquecido. Ajudar alguém a fazer algo promove uma realização pessoal que muitos nem conhecem.

Esbanje sonhos, mas não se esqueça de suas metas.

Você sabe que o dinheiro não cai do céu e também precisa de dinheiro agora, por isso, muitas vezes, fazer algo que não é nosso ideal pode ser só um degrau no caminho de nosso sonho. A diferença é a seguinte, você pode passar a vida fazendo algo que não gosta se não se organizar para poder seguir com suas metas ou traçar objetivos e etapas e conseguir a mudança desejada. Nada é tão ruim se soubermos que aquilo é só uma etapa de um caminho que traçamos e estamos lutando para construir.

Atenda a porta.

Escute bem, pois a oportunidade pode estar batendo, mas se você não atender a porta, como você pode tirar proveito dela? Você deve aproveitar as oportunidades quando elas são apresentadas a você. Nem sempre as oportunidade virão no momento certo, mas não importa. Lembre-se da sua felicidade.

Texto publicado originalmente em Conti Outra

COMPARTILHAR
A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".



3 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom o texto, bem reflexivo…..adorei!
    “…Se você pensa seriamente sobre a busca de um sonho, dê os primeiros passos. Desligue suas notificações do Facebook e vá buscar tudo o que deseja…”

DEIXE UMA RESPOSTA