Goste de si para que gostem de você

Por Pedro Liberdade – via A mente é maravilhosa</strong>

Como você pode pedir a uma pessoa que goste de você se você não gosta de si mesmo? É impossível se sentir bem com os outros se não começamos por nosso próprio coração.

Assim, vamos falar sobre algumas das chaves para aumentar a sua autoestima.

Se você precisa que as outras pessoas gostem de você, deve começar por si mesmo. Assim, podemos lhe dar uma série de conselhos que podem ser muito úteis para começar a se valorizar pela pessoa que é.

A única pessoa com a qual você passará o resto da vida, com certeza, é você mesmo. Assim, goste de si, porque o ser mais importante para você está no seu interior.

Não se esqueça de que você é uma pessoa muito valiosa. Pense sempre no quanto você vale e no bem que faz a quem gosta de você.

Se outras pessoas pensam que você não vale a pena, não permita que isso diminua sua autoestima, pois, no final das contas, você pode terminar caindo no terrível poço da depressão.

Ainda que você seja uma pessoa muito atarefada, é importante encontrar tempo para si mesmo diariamente. Busque um espaço em sua agenda a cada dia para estar a sós consigo.

Pense em como você é, o que tem feito bem e o que tem feito mal, quando foi feliz e quando sofreu. Definitivamente, reserve uma pequena porção do dia para se conhecer um pouco mais.

Graças ao tempo que dedicamos a nós mesmos somos capazes de nos conhecer e nos valorizar um pouquinho mais.

Assim, é muito mais fácil amar a si mesmo, já que nos encontramos com nosso íntimo, nossa essência verdadeira e maravilhosa.

Para que as outras pessoas gostem de você, é importante praticar a autoestima. Se nos deixamos levar pelos maus agouros, acabaremos acreditando que não valemos nada. Ou seja, precisamos acreditar em nós e nos afastarmos de pessoas tóxicas.

Seres humanos incapazes de se valorizar apenas encontram a confiança para seguir adiante minando a autoestima dos semelhantes.

Assim, conseguem pequenos êxitos insossos que lhes permitem continuar avançando na vida durante breves espaços de tempo, até que voltam a precisar machucar alguém para receber um novo impulso.

É evidente que esta forma de ser é realmente autodestrutiva, por isso esses seres solitários, dependentes e ditatoriais se tornam pessoas tóxicas que precisam da proximidade com outras personalidades frágeis e com baixa autoestima.

São pessoas que devemos evitar como as doenças, pois, por fim, o relacionamento com elas não deixa de ser realmente prejudicial para a saúde de qualquer um.

Na verdade, as pessoas tóxicas não te amam, ainda que gritem isso aos quatro ventos. Simplesmente precisam de você porque são incapazes de se enfrentar, combater seus medos e obscuridades interiores.

Procure compreendê-los pelo que são. Se você precisa se degradar para se sentir querido, na realidade está vivendo uma mentira.

Outro bom exercício que você pode fazer para que goste de si um pouco mais a cada dia é tomar decisões. Não permita que os outros decidam o rumo da sua vida.

Seja você mesmo quem escolhe o caminho que deseja trilhar no mundo. Essa segurança é percebida positivamente por outras pessoas, que o amarão de forma sincera por isso.

Lembre-se de amar-se muito todos os dias. Não se deixe levar por um trabalho estressante, uma família possessiva ou um entorno tóxico.

Se você realmente precisa e deseja ser amado, comece por si mesmo. Tome decisões, avance na vida com passos firmes e não deixe que nada tire sua esperança, sonhos ou confiança.

As pessoas que realmente são dignas de seu carinho o entenderão e o amarão por você ser como é. Ame-se muito.

Texto na íntegra aqui.

COMPARTILHAR
A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".



DEIXE UMA RESPOSTA