Gerúndio do fim

Por Fernanda Campos

Nosso amor foi acabando toda vez que você dizia que ia chegar num horário e esquecia do compromisso; em cada ligação que não me atendia e nem se preocupava em retornar depois; nas mensagens que ficaram ali, apenas visualizadas, e nunca respondidas.

Nosso amor foi acabando em cada uma de suas mentiras, cada uma das vezes que você disse que ia fazer uma coisa e fez outra, em cada vez que eu rezava pra todos os santos para que, pelo amor de deus, a última promessa você cumprisse.

Foi acabando assim, como se acaba as folhas de um caderno cuja capa a gente gostou tanto, mas, de tanto escrever, apagar, rabiscar, jogar de um lado para o outro, as folhas foram ficando encardidas, rasgaram-se pelo caminho, dobraram-se, amassaram-se, findaram-se.

Foi acabando como acaba o pó de café e a gente só percebe isso quando a água já tá no fogo e o coador já tá na garrafa. Então, abrimos a vasilha e não tem pó. E vasculhamos a casa porque temos certeza de que tínhamos um pacote extra, sem nos lembrar que o pacote extra já foi usado da última vez que não percebemos que acabou.

Agora tá tarde e eu já não tenho mais disposição para ir comprar. Não quero mais trocar de roupa, pentear o cabelo, me arrumar para atravessar a rua e encarar uma nova chance. Já não tenho coragem, nem fé, nem vontade, nem. Sabe? É que nosso amor foi assim, acabando, com uma lentidão que me deu tanta preguiça, cara, mas tanta preguiça que não faz mais sentido eu me mover ou resistir.

E, talvez, sei lá, tivesse ainda algum jeito. Se não fossem as mentiras que você ainda conta, os compromissos que você sempre esquece, a sua falta de jeito de nem perceber que tá tudo tão ruim, cara, mas tão ruim que só quero gritar, esmurrar, chorar até que toda essa solidão de mim vá embora. Mas é que pra você tá tudo tão bem que tô cansada de lutar sozinha. E acho que foi isso, sabe, que eu fui cansando, e cansando e cansando.

E nosso amor foi acabando, acabando, acabando.

Até que acabou.

via Uma Dose de Café

COMPARTILHAR
A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".



DEIXE UMA RESPOSTA