5 filmes para sentir a vida

O cinema carrega essa capacidade de nos fazer sentir e refletir sobre a vida. Sabendo procurar, a sétima arte vai muito além de meros blockbusters – e mesmo assim não há de errado com eles, mas é que algumas vezes, o coração busca por um sentido maior. Segue a lista:

Ensina-me a Viver (Harold and Maude) – 1971 / Dir. Hal Ashby

GACHAROLDANDMAUDE

O relacionamento entre um rapaz de 20 anos com obsessão pela morte, que passa seu tempo indo a funerais ou simulando suicídios, e uma senhora de 79 anos encantada com a vida. Eles passam muito tempo juntos e, durante esta convivência, ela expõe a beleza da vida.

A Juventude (Youth) – 2015 / Dir. Paolo Sorrentino

Youth_Michael Caine and Rachel Weisz_picture by Gianni Fiorito-xlarge

Fred (Michael Caine) e Mick (Harvey Keitel), dois velhos amigos com quase 80 anos de idade cada, estão passando as férias em um luxuoso hotel. Fred é um compositor e maestro aposentado e Mick é um cineasta em atividade. Juntos, os dois passam a se recordar de suas paixões da infância e juventude. Enquanto Mick luta para finalizar o roteiro daquele que ele acha que será seu último grande filme, Fred não tem a mínima vontade de voltar à música. Entretanto, muita coisa pode mudar.

Meu Jantar com André (My Dinner whit Andre) – 1981 / Dir. Louis Malle

Copertina

Wallace Shawn, fazendo o papel dele mesmo, sai para jantar com um amigo que não via há muito tempo, André Gregory (também fazendo o papel dele mesmo) e os dois travam um diálogo existencial durante a refeição.

Um Pombo Pousou Num Galho Refletindo Sobre a Existência (En duva satt på en gren och funderade på tillvaron) – 2014 / Dir. Roy Andersson

529412578_1280x720

Baseado num detalhe de um famoso trabalho a óleo de Pieter Brueghel, intitulado «Os Caçadores na Neve», o filme vai seguir dois homens – um vendedor ambulante e um homem com um ligeiro distúrbio mental. Pelo filme afora vamos assistindo às explicações do vendedor de como a sociedade realmente é.

O Pescador de Ilusões (The Fisher King) – 1991 / Dir. Terry Gilliam

fishr_stl_7_h

Locutor de rádio larga o ofício, traumatizado após ouvinte matar várias pessoas num bar porque seguiu seus conselhos num programa. É quando encontra ex-professor que, com a morte da esposa justamente naquele bar, torna-se um mendigo insano que procura pelo Santo Graal.

COMPARTILHAR
A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".



DEIXE UMA RESPOSTA