Por que é OK não gostar do dia dos namorados

Por Alexandra Guida

A data oficial para demonstrar todo o carinho pela pessoa amada – vulgo, foto e textão no Facebook – está chegando novamente. As vitrines das lojas já estão cheias de corações e é rosa e vermelho pra todo lado. O amor está no ar…

Mas toda essa paixão em público pode não ser bem vista por algumas pessoas (prazer, algumas pessoas). Se você faz cara de nojo com toda demonstração de afeto, temos boas notícias. Você não está sozinha. É ok não curtir o dia dos namorados.

1. Não, você não é amarga

Você sabe muito bem a diferença entre estar solteira e estar sozinha. Seja sendo bombardeada por fotos de flores e chocolates ou ficando longe das mídias sociais durante o dia 12 de junho, nós sabemos que não é um(a) namorado(a) que vai fazer com que você se sinta amada, porque amor próprio é o seu sobrenome.

2. Dia dos namorados é uma ótima desculpa para mimar a si mesma

É um ótimo dia para ficar na sua própria – e maravilhosa – companhia. Vá a um spa ou, se o orçamento não permite, faça um dia de beleza e relaxamento em casa mesmo. Compre muito chocolate, pipoca… seus doces e salgadinhos preferidos e tenha uma noite de amor com a Netflix. Ela não vai te decepcionar.

3. Dia perfeito para sair com suas amigas solteiras

Afinal, amor de amiga supera o de namorado.

4. Você pode rir dos textões “amorosos” do Facebook e Instagram

É inevitável rir – ou chegar ao ponto de gargalhar – com a breguice dos posts melosos de dia dos namorados. Tudo bem, o amor é meio cafona mesmo. Mas só pra quem vê de fora. Os envolvidos acham lindo e se emocionam a cada “eu te amo, meu xuxuzinho, ursinho…”. Prepara a pipoca que a sessão de comédia vai começar!

5. Não precisa se preocupar em comprar presente

Pensa bem na maravilha de não precisar comprar ou fazer o presente perfeito. Sem contar a possível decepção de receber um que não tem nada a ver.

6. O vinho está lá SÓ pra você

Estar solteira é ótimo, sim ou claro?

7. Porque você pode passar o dia dos namorados em total liberdade. Faça o que quiser

Chamar suas amigas ou ficar sozinha, tanto faz. O importante é que você decide o que quer fazer e não tem ninguém pra discordar.

*Imagem: Amanda Cass
COMPARTILHAR
A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".



DEIXE UMA RESPOSTA