9 palavras para sentimentos que você nem sabia que existem

Nos últimos anos os neurocientistas têm trabalhado com uma abordagem diferente no que diz respeito a sentimentos: a noção de que nem tudo é branco e preto. Acredita-se que existam várias nuances entre o que sentimos e, por vezes, nem sabemos exatamente o que é aquela sensação.

Em seu livro The Book of Human Emotions (O Livro de Emoções Humanas, em tradução livre), a pesquisadora Tiffany Watt Smith, do Centro da História das Emoções na Universidade Queen Mary de Londres, na Inglaterra, nomeia várias dessas emoçõesespecíficas e praticamente desconhecidas. “Nomear um sentimento pode ajudar a torná-lo menos desesperador quando você o está sentindo”, disse a cientista em entrevista ao Science of Us. “Todos os tipos de sensações estão acontecendo e entender o que elas são pode nos aliviar.”

No livro Smith destaca 154 nomes de sentimentos que são poucos conhecidos. Conheça 9 deles:

1 – Amae: Em japonês, a palavra indica o sentimento de se aproveitar do amor de alguém para o seu próprio benefício. Se você é daqueles que deixa uma pessoa querida fazer uma tarefa que era de sua responsabilidade só por quis, aprenda a usar essa palavra.

2 – L’appel du vide: Você está na plataforma esperando pelo metrô quando do nada pensa: “E se eu pulasse nos trilhos?”. A expressão francesa l’appel du vide aborda isso, a sensação que nem sempre você pode confiar nos seus instintos.

3 – Awumbuk: Quem nunca ficou imaginando em expulsar a visita de casa, mas se sente meio vazio quando elas finalmente vão embora? Em Papua-Nova Guiné esse sentimento é tão forte que eles passaram a chamá-lo de Awumbuk, o vazio que fica quando os visitantes se vão.

4 – Brabant: Em 1984, Douglas Adams, autor de O Guia do Mochileiro das Galáxias, e o produtor John Lloyd escreveram o livro The Deeper Meaning of Liff: A Dictionary of Things There Aren’t Any Words for Yet-But There Ought to Be(O Significado Profundo da Vida: Um Dicionário das Coisas que Ainda não Têm mas Deveriam Ter Nome, em tradução livre), em que dão nomes a vários sentimentos mirabolantes. Um deles ébrabant, que é o sentimento de empolgação que você sente ao provocar alguém até essa pessoa perder a linha.

5 – Depaysement: Quando você está longe de casa sempre fará coisas que nunca faria se estivesse no conforto do seu lar. Os franceses têm uma palavra para isso: depaysement, o sentimento de ser um forasteiro.

6 – Kaukokaipuu: Por vezes, pessoas que têm ancestralidade de um local ou país sentem saudades e vontade de visitá-lo mesmo sem nunca ter estado lá. Os finlandeses usam a palavra kaukokaipuu para descrever esse sentimento de “vontade de estar em um local distante”.

7 – Malu: Você está todo descontraído conversando com seus amigos quando, de repente, chega o chefe. A presença de uma pessoa de status mais alto deixa todos do grupo desconfortáveis. Para o povo Dusun Baguk, da Indonésia, esse sentimento repentino de inferioridade chama “malu”.

8 – Pronoia: Se paranoia é o que você sente quando tudo parece estar conspirando contra seu bem-estar, pronoia é quando tudo parece estar funcionando a seu favor.

9 – Torschlusspanik: Os alemães encontram uma palavra que resume o que você sente quando um prazo está se aproximando e trabalho ainda não está pronto: torschlusspanik, “o pânico do portão que está se fechando”.

 

 




DEIXE UMA RESPOSTA