10 principais características das pessoas com alta capacidade de superação

Os 10 poderes dos seres humanos superantes

Por José Luiz Tejon Megido

Desenvolvo uma tese de doutorado, na área de Ciências da Educação, sobre a Pedagogia da Superação. Na pesquisa, estudei casos reais de superação, e analisei casos de grande frustração. Estou indo desde parentes das vítimas da tragédia da Boate Kiss, em Santa Maria, até personalidades que constituíram fundações relevantes, pós riqueza pessoal conquistada.

Identifiquei 10 características as quais denomino de 10 poderes que nos permite analisar e avaliar seres humanos com a potência instalada da superação, comparados a outros que não as possuem. Para os líderes, educadores e pedagogos, além de pais e amigos, prestar atenção nesses aspectos permitiria educar seres humanos para o inevitável reino das incertezas e a óbvia necessidade em vida da arte de superar, sob distintas e diversas circunstâncias. Aqui vão elas:

1 – Limiar de dor. Pessoas superantes não sofrem tanto com as dores da vida, e têm maior resistência e resiliência. Suportam mais.

2 – Atraem ajuda e amor. Superantes desenvolvem o talento da sedução, se tornam seres mais amáveis e amados do que a média. Conquistam ajuda.

3 – Cultivam habilidades, desenvolvem o saber fazer, revelam um dom.Esse poder será essencial no processo superante.

4 – Amam. Possuem e estimulam a competência de saber e de gostar de amar, situações, causas, pessoas e o entorno onde vivem.

5 – Sintropia. Uma força da natureza que combate a entropia, a destruição. Isso fica revelado na pessoa com a vontade da inovação e da criatividade. Falo do patchworking da Martha, uma generosa mulher que participou do drama das vítimas do césio em Goiânia.

6 – Sentidos e significados resignificados a partir do desafio a ser superado. Aspectos mais elevados e evolutivos no por que viver.

7 – Capacidade de estabilização. Conforme cresce, supera passo a passo, consegue administrar e manter disciplina estabilizante.

8 – Neotonia, virtude de manter sua infância, sua criança interior viva. Esse poder alimenta a esperança, o jogo, a ludicidade, o aprender a aprender.

9 – Foco, potência humana de concentrar suas forças em alvos escolhidos e priorizados por valores ascensionais: o prestar atenção nas batatas.

10 – Por fim e ao longo de todo processo da superação, assumir o papel de protagonista, e fugir da vítima e da vitimização.

Para educar, atender e cuidar de seres humanos, em momentos superantes, ou em situações mesmo mais amenas, como coaching, por exemplo, cabe ao líder avaliar dentro desses 10 poderes, quais são fortemente revelados pela pessoa, quais fragilizados e outros ausentes. Atuar sobre o fortalecimento dos poderes já instalados nos seres humanos e melhorar os seus “mínimos” permitirá que todo suporte, estrutura, treinamento e apoio seja mais bem sucedido.

Nos casos de fracassos da superação, onde acompanhei inclusive um caso de suicídio, aos poucos foram sendo eliminados, no caso estudado todos os 10 poderes, um a um, até o infeliz desenlace.

Analise a si mesmo, e preste atenção nas pessoas ao seu redor. Você irá constatar esses 10 poderes como presentes ou ausentes. A boa notícia está em acreditar que todos trazem dentro de si a capacidade, o poder e a potência para desenvolver e aprender os alicerces da superação. Este diagnóstico serve para pessoas, equipes e organizações empresariais com ou sem fins lucrativos.

José Luiz Tejon Megido – Colunista da Rádio Estadão de São Paulo. Mestre em Educação, Arte e Cultura pela Universidade Mackenzie. Doutorando em Ciências da Educação pela Universidad deLa Empresa, do Uruguai. Dirigente do Núcleo de Agronegócio da ESPM. Professor de pós-graduação da FGV Incompany. Diretor Vice-Presidente de Comunicação do CCAS (Conselho Científico para a Agricultura Sustentável). PrêmioTop of Mind RH Estadão como professor palestrante brasileiro. Uma das 100 personalidades mais influentes do Agronegócio – Revista ISTO É – Dinheiro Rural. Diretor da Biomarketing; Fundador e ex-presidente da ABMR&A. Ex-diretor do Grupo do Jornal O Estado de S. Paulo, da Agroceres e executivo da Jacto S/A. Medalha do Mérito Acadêmico ESPM.

Fonte: Administradores

COMPARTILHAR
A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".



2 COMENTÁRIOS

  1. O êxodo rural está mais presente do que nunca em nossas vidas, a família rural, foi embora do campo e isso é um fato no mundo todo deste o engano da revolução industrial.
    Hoje o grande desfio de hoje é o combate ao êxodo rural e a volta das famílias ao campo, por meios do incentivo à produção rural e formar o maior número de agricultores familiares.
    O único problema é que o homem depois de experimentar a vida na cidade não quer mais como sua única e fiel amiga a enxada.
    Com o acesso a informação o novo agricultor familiar quer os mesmos benefícios dos grandes latifundiários sendo estes a tecnologia e o conhecimento ao seu lado e não somente a enxada e o financiamento do Plantio colocando em risco suas terras, ano após ano, colheita aos colheita.
    Com nova visão o Fazendeiro Rogerio Festa, da FAZENDA PROAGRO ( http://fazendaproagro.com.br ), acredita que o agricultor moderno na agricultura familiar não quer mais a enxada como parceira e sim um engenheiro agrônomo, para que juntos possam extrair o máximo da terra o melhor custo benefício, com maiores rendimentos de maneira orgânica e consciente.
    “Somos a geração saúde e podemos fazer a diferença e trazer o homem de volta ao campo de maneira digna e moderna com internet e acesso a informação, com o apoio de tecnologia o cultivo protegido com agricultura orgânica e sintropia da natureza ” Rogerio Festa.
    Na cidade de Almería na Espanha, onde tudo é cultivado em estufas, conseguimos o suporte técnico para trazer ao Brasil o melhor do agronegócios em cultivo protegido do planeta.
    A Fazenda Proagro é o mundo dos agronegócios para o pequeno agricultor, hoje somos 531 famílias no campo, amanhã seremos 5 milhões, o mundo dos agronegócios ao alcance de todos.

  2. O êxodo rural está mais presente que nunca em nossas vidas, a família rural saiu do campo e isso é fato em todo o desde o engano da revolução industrial, quando foram prometidos falsos benefícios de ter um emprego e viver na cidade.

    Hoje nosso grande desafio – e objetivo – é combater o êxodo rural e trazer de volta as famílias para o campo de maneira digna, por meios de incentivo à produção rural, formando assim um maior número de agricultores familiares. O único problema é que o homem, depois de experimentar a vida na cidade, não quer mais ter como sua única amiga a enxada. É aí que nós entramos.
    Com acesso à informação, o novo agricultor familiar tem os mesmos benefícios dos grandes latifundiários, ou seja, a tecnologia e o conhecimento andam ao seu lado, e não somente a enxada e o financiamento do plantio, colocando em risco suas terras ano após ano, colheita após colheita.

    Com uma nova visão, o fazendeiro Rogerio Festa, da FAZENDA PROAGRO ( http://fazendaproagro.com.br ) acredita que o agricultor familiar moderno não precisa mais da enxada como parceira, mas sim de um engenheiro agrônomo, um economista, um administrador, enfim, profissionais que juntos possam extrair o máximo da terra com o melhor custo benefício, maiores rendimentos de maneira orgânica e consciente. É isso que a FAZENDA PROAGRO oferece.

    “Somos a geração saúde e podemos fazer a diferença trazendo o homem de volta ao campo de maneira digna e moderna, desta vez com acesso à internet, um mundo de informações e apoio da tecnologia e estudiosos do ramo, garantindo um cultivo seguro, protegido com agricultura orgânica e sintropia da natureza.”, disse Rogerio Festa.

    Na cidade de Almería, na Espanha, tudo é cultivado em estufas, e de lá vem todo nosso suporte técnico para trazer ao Brasil o melhor do agronegócio em cultivo protegido do planeta.

    A Fazenda Proagro é o mundo dos agronegócios para o pequeno agricultor, hoje somos 531 famílias no campo, amanhã seremos 5 milhões.
    O mundo dos agronegócios ao alcance de todos.

DEIXE UMA RESPOSTA