Meu jogo é limpo e a minha alma tranquila.

Desde nova a vida foi direta comigo. Jogou as cartas na mesa e me mostrou o jogo. Mostrou como as coisas funcionam por aqui. Mostrou para o que eu estava aqui. Assim mesmo, no cru. Sem dó nem piedade. Nem sequer me perguntou se eu teria coragem, ela queria a resposta sem precisar fazer nenhuma pergunta.

Mas eu sou ousada, sou dura na queda e mostrei a força que me habita. A vida me mostrou cedo que as coisas por aqui não são fáceis, mas me avisou também que, pouco a pouco, se eu soubesse entender cada recadinho deixado por ela, eu iria arrancar de mim mesma o meu melhor a cada dia. E assim foi… À medida que eu derrubava cada barreira no âmbito exterior, automaticamente uma coragem inabalável foi sendo criada dentro de mim.

E a mesma vida que me pôs à prova e fez de mim uma guerreira que nada teme, me ensinou também a ser Humana. Assim mesmo, com “H” maiúsculo. Nunca precisei pisar em ninguém para chegar onde quis. Nunca precisei desprezar, invejar ou inferiorizar quem quer que fosse para me dar bem e sair por cima. Aprendi a olhar o outro com pudor e a saber que a situação atual de cada um pode mudar do dia para noite. Hoje você está lá em cima, mas nada te garante que amanhã você estará embaixo.

Porque ela me mostrou o jogo, mas mostrou as diferentes possibilidades de jogá-lo e eu, na minha infindável força e, talvez, loucura, optei por jogar com amor pela vida, coragem pelo caminho e respeito pelo próximo. Meu jogo é limpo, minha alma é tranquila e ao colocar minha cabeça no travesseiro, meu querido, nada me atormenta. Isso é para poucos, garanto.

COMPARTILHAR
Ana Luiza Santana
"Estudante de psicologia, nascida no Pernambuco, mas escolhida pela Bahia(amo). Intensa por naturalidade e louca por amor. Completamente apaixonada por abraços apertados, sorrisos e pessoas de aura leve e energia positiva."



DEIXE UMA RESPOSTA