Promete nunca esquecer

Guarda nas tuas memórias minha voz tímida e meu olhar profundo.

Segura esse tempo louco e voraz até entorpecê-lo para que ele não leve de você tudo que restou de mim.

Viva a vida da forma mais intensa e sincera, da maneira mais feliz e prazerosa que puder, olhando para o alto e tocando o céu com teus polegares, mas não se esqueça de abaixar a cabeça e agradecer aos pés por te guiarem até onde está.

Embala no pensamento tuas músicas preferidas e dança comigo bem devagar ao deitar a cabeça em algum travesseiro incerto.

Lembra do beijo que quase foi, do dia que quase chegou. Rememora as línguas que não falamos e as noites que deixamos passar.

Resguarda os nossos risos e nossas afinidades. Abre a gaveta das boas surpresas e desdobra a lembrança de como é sublime e encantador encontrar sem querer o que se procura há tempos.

Permita-se imaginar o nascer do sol em um mar de espelhos e como seria lindo ver a luz do dia refletida em dois sorrisos.

De todos os cumprimentos sincronizados, de todos os risos forçados, de todos os desejos ensaiados o que é verdadeiro sai dos eixos, se anuncia, encanta e envolve a alma. Mesmo que o corpo se contenha, mesmo que a razão pareça assustadora com seus percalços, o coração reconhece a completude do amor assim que o contempla.

E o amor pode ficar, ser duradouro, perdurar por longos anos ou ser breve como um clarão. O amor pode encantar por uma vida ou por um momento. Não importa como ou quando, ele sempre é precioso e se vale na esperança de que o lembremos bonito como é.

Risca então todos os porquês e permita que descanse na peneira da vida apenas o que é realmente valioso.

Lembra que amar nunca é em vão. Deixa um sorriso manso dedilhar teus lábios e promete baixinho nunca esquecer.

Acompanhe a autora no Facebook pela sua comunidade Vanelli Doratioto – Alcova Moderna.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Vanelli Doratioto

Vanelli Doratioto é uma escritora paulista, amante de museus, livros e pinturas que se deixa encantar facilmente pelo que há de mais genuíno nas pessoas. Ela acredita que as palavras são mágicas, que através delas pode trazer pessoas, conceitos e lugares para bem pertinho do coração.

2 COMENTÁRIOS

  1. Pena que na real não é assim que funciona. Só lembramos daqueles que sempre estiveram em nossas vidas, que sempre estiveram do nosso lado, mas aqueles que nos excuíram, de suas vidas, se afastaram, foram ingratos, agente esquece e acaba nem sentindo mais mais falta. A lei da vida é assim, só colhemos o que plantamos!

  2. Pena que na real não é assim que funciona. Só lembramos daqueles que sempre estiveram em nossas vidas, que sempre estiveram do nosso lado, mas aqueles que nos excluiram, de suas vidas, se afastaram, foram ingratos, a gente esquece e acaba nem sentindo mais mais falta. A lei da vida é assim, só colhemos o que plantamos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here