5 sinais de que você não se respeita

Por Vironika Tugaleva 

Minha viagem pelas profundezas do ódio, do sofrimento suicida e da luta pela auto-aceitação me ensinou que o amor próprio não é apenas uma hortelã que decora o jantar . Ela é uma parte essencial para sermos pessoas felizes e saudáveis.

Quando não nos cuidados, seja em qual esfera de nossas vidas for, aparecerão sintomas perigosos que, em algum momento, não poderão mais ser ignorados.

O primeiro passo para superar qualquer tipo de sofrimento é a auto-consciência e é nisso que eu espero que a lista a seguir possa te ajudar.

Se você está exibindo qualquer um dos cinco sinais de falta de estima dos listados abaixo, eu espero que você separe um tempo depois de ler este artigo, e busque se reconectar com a pessoa mais importante em sua vida: você.

1. Você sente ciúmes da felicidade, do sucesso e dos relacionamentos das outras pessoas

Quando uma pessoa está bem consigo mesma, ao deparar-se com  alguém que tem coisas que ela deseja, a reação tende a ser de admiração e respeito. Arregalam-se os olhos e a atenção fica toda voltada para alguém que conquistou algo desejável e tem muito a ensinar. Olhamos essa pessoas como uma inspiração a ser seguida.

Entretanto, quando a pessoa tem a estima baixa, ao ver alguém que possui qualidades que ela deseja (ou pensa que deseja), a reação é de ciúmes, sentimento de injustiça (como se todo mundo tivesse o que ela quer, menos ela) e até mesmo raiva.

A sensação de ciúme pode ser tão intensa que pode se transformar em ódio e a pessoa pode ter vontade de destruir o que o outro tem. Mas, na verdade, todo esse ódio está em si e em sua cegueira para enxergar seus próprios potenciais.

PS: um pouquinho de ciúme é saudável, a falta de respeito e amor próprio reside na intensidade.

2. Você mente mais do que deveria

Aqueles que cronicamente usam de mentiras para mascararem suas realidades muitas vezes estão buscando a aprovação e a aceitação dos outros.

Quando a pessoa está bem, a aceitação e a aprovação das pessoas estão constantemente acessíveis, pois elas vem de dentro e, mesmo que a pessoa ouça algo que não é tão legal, no fundo ela sabe que tem valor e que, se for o caso real, pode melhorar porque quer. Em um estado de auto-julgamento negativo, no entanto, a pessoa sente pouca aprovação e sua mente está subconscientemente se apegando a qualquer informação que possa “valorizar” um conceito pessoal com uma “pequena” mentira. Ou seja, enfeita-se o externo, mas o interno não se aceita.

Agindo assim, você pode perder sua integridade em troca de algumas sobrancelhas levantadas. Mas não se preocupe, esse padrão é facilmente corrigido e não tem que se tornar patológico! Preste atenção a quem você realmente precisa agradar!

3. Você acha difícil se exercitar, comer bem, ou quebrar maus hábitos

Quando você ama alguém, você não quer machucá-lo.

Você nunca coloca cigarros ou rosquinhas na boca do seu bebê recém-nascido.

Você nunca priva o seu cão de estimação de sua caminhada diária. (espero)

Quem se ama, sabe que é necessário parar e se envolver nos rituais diários de alimentação e cuidados com suas mentes e corpos. Estes rituais são conseqüências naturais da bela amizade consigo mesmo.

Se você achar que é difícil cuidar de si mesmo, talvez você precisa ter um momento para se apaixonar por si mesmo. Quem se ama, se cuida.

4. Você só se sente feliz quando tudo está indo bem.

Isto pode parecer uma coisa perfeitamente normal. Por que você seria feliz quando as coisas não estão indo bem?

Acontece que isso é exatamente o que acontece com as pessoas que tem uma estima boa.

Pense na sua vida como uma aventura. Se você é louco por seu parceiro de viagem, o avião pode atrasar e a comida pode ter gosto de papelão e você ainda vai aproveitar. Você vai dar risada falando sobre isso. Por outro lado, se você está entediado ou insatisfeito com seu companheiro, essas pequenas coisas vão te deixar louca.

Esse é o poder de um relacionamento amoroso consigo mesmo. Quando as coisas ficam difíceis, você pode rir, dar de ombros e até se alterar um pouco, mas depois tentará novamente. Quando as coisas ficam realmente difíceis, você sabe que levará algum tempo para processar, e assegurar-se de que tudo vai ficar bem, mas vai ficar.

5. Você está se “incomodado” por exibir qualquer um dos sinais acima

Se você está se sentindo vergonha ou temor por ter se visto como uma pessoa sem amor próprio, isso é um sinal infalível de que você já está se julgando.

Aqueles que estão com estima baixa geralmente são especialistas em estabelecer normas para si. Eles se medem em números e expectativas. Quando eles descobrem que eles não estão estão atingindo esses alvos (muitas vezes irrealistas), ficam cabisbaixos e desgostosos.

Eu sempre digo: o auto-aperfeiçoamento  sem auto-amor é como construir uma casa sobre a areia. Você pode construir e construir, mas sempre vai afundar.

Você precisa construir uma base de auto-aceitação incondicional sob essas realizações e expectativas.

Eu me considero uma sobrevivente da terrível doença da falta de amor. Entretanto, depois que eu estabeleci um relacionamento comigo mesma, eu vi a minha relação com o meu corpo, minha mente, minha família, meu parceiro, meu passado – com tudo e todos os outros – melhorar drasticamente.

Vivemos em uma época onde todo mundo está sempre tentando corrigir seus próprios erros, mas se esquecem de que a coisa mais importante que podemos sempre corrigir é a linha de comunicação entre o nosso coração, nossa mente e nosso espírito.

Agora, sobre a você. O que você vai fazer para se amar mais?

Por Vironika Tugaleva 

Traduzido e adaptado do original  Mind Body Green




2 COMENTÁRIOS

  1. Você pergunta o que você vai fazer para se amar mais?
    Eu te respondo, não sei! Preciso de ajuda, não sei por onde começar, meu médico só me enche de remédios. Me sinto em estado terminal.

    • Claudia, pq vc não tenta uma terapia? Acho Q isso iria te ajudar mto!!! Eu estou há 1 ano e falo Q isso é uma ajuda e tanto, pois os remédios não irão resolver seus problemas!

DEIXE UMA RESPOSTA