13 hábitos que parecem inofensivos, mas que podem te prejudicar

Alguns simples e pequenos hábitos do cotidiano estão tão enraizados dentro de nós que nem percebemos que estão ali. Muitas vezes, nem ao menos percebemos que o hábito é ruim e que pode estar nos prejudicando ou prejudicando pessoas próximas.

Eliminar um hábito da vida não é uma tarefa fácil, já que é algo que faz parte da rotina e por isso, é imperceptível. Como o próprio nome já diz, é algo que estamos habituados a fazer, é uma parte de nós. Uma boa forma de eliminarmos algum hábito ruim está em substituir por um hábito bom, produtivo e que traga satisfação a você e às pessoas queridas.

Identificar os hábitos que podem estar te prejudicando é a primeira etapa para resolver o problema. O próximo passo é aceitar que você tem esse hábito e aprender a lidar com ele da melhor forma. Abaixo listamos 13 hábitos prejudiciais e dicas para lidar com eles. Confira:

1. Falar mal de si mesma

Pode ser que na tentativa de ser humilde, você acabe esquecendo e escondendo dos outros as suas qualidades. As palavras tem poder e é importante nutrir sua autoestima e se elogiar também. Acreditar em si é primordial.

2. Se importar muito com a opinião alheia

É quase impossível não se importar nem um pouquinho com a opinião alheia, mas em excesso pode trazer muita infelicidade. Quando você se importa demais com o que os outros pensam, acaba deixando de fazer coisas que gostaria só para evitar possíveis julgamentos. Pode ser difícil, mas se algo te faz feliz, siga em frente e tente não se importar com julgamentos.

3. Ver apenas o lado negativo das situações

Fases e situações ruins sempre existirão, porém enxergar apenas o lado ruim delas é opcional. Após muitas frustrações, é comum o desanimo aparecer, mas assim como as palavras tem poder, os pensamentos também. Pensamento positivo ajuda a enfrentar situações ruins com mais leveza. Muitas vezes também podemos aprender lições valiosas a partir de coisas ruins, basta se permitir.

4. Se importar demais com quem não se importa

Geralmente quando nos importamos com quem não se importa, vemos claramente os sinais, porém ignoramos. Situações como essa trazem grande cansaço mental e não valem a pena. Se alguém não corresponde ao seu esforço, está na hora de cortar relações. Lembre-se: a pessoa mais importante da sua vida é você.

5. Deixar suas vontades de lado por alguém

Relacionamentos que podam sua liberdade e as suas vontades podem não estar te fazendo bem. Se alguém realmente se importa com você, não vai te impedir de fazer coisas que te tragam felicidade.

6. Deixar sempre para amanhã

A procrastinação é um vício na vida de muitas pessoas. Muitas vezes você realmente quer algo, mas deixa sempre para depois e usa desculpas esfarrapadas para justificar. As oportunidades que você tem hoje podem não ser as mesmas amanhã, então corra atrás dos seus objetivos o mais cedo possível.

habito-06

7. Assumir mais compromissos do que pode cumprir

Muitas vezes queremos abraçar o mundo e fazer muitas coisas ao mesmo tempo mesmo sabendo que não temos tempo. Quando você assume apenas compromissos que pode cumprir, a qualidade do que foi feito certamente é muito superior.

8. Não se importar com a sua saúde

Pessoas jovens, principalmente, muitas vezes deixam para depois o cuidado com a saúde, então cometem abusos e acreditam que não precisam de exames de rotina por conta da idade. Conferir se está tudo bem com a sua saúde periodicamente garante mais tranquilidade e qualidade de vida no futuro.

9. Não se importar com a sua saúde mental

A saúde mental é tão importante quanto a saúde física e se importar com ela traz os mesmos benefícios. Evitar situações desagradáveis e que não te trazem vantagem alguma já é uma ótima maneira de cuidar da saúde mental. É importante sempre colocar a situação numa balança e avaliar até que ponto está compensando.

10. Guardar rancor por muito tempo

É comum se chatear com as pessoas durante algum tempo após algum momento desagradável, o problema é não superar aquilo nunca. Guardar rancor não traz benefício algum, pelo contrário, só ocupa espaço na mente que poderia ser gasto com algo produtivo.

habito-10

11. Negar ajuda quando você realmente precisa

O orgulho muitas vezes não nos permite pedir por ajuda ou ainda aceitá-la de alguém que está oferecendo com boa vontade. Sim, podemos e devemos ser altruístas e fazer coisas sem receber ajuda, mas em alguns momentos ela é primordial. Saiba aceitar a colaboração de alguém quando precisar.

12. Acreditar em apenas uma maneira de fazer algo

Principalmente ao trabalhar em grupo, é necessário saber que existem diversas maneiras de fazer a mesma coisa e nenhuma é melhor que a outra. Não tente impor a sua maneira de fazer algo à outra pessoa se a maneira dela leva ao mesmo resultado. Em todas as relações entre seres humanos o que deve prevalecer é a aceitação das diferenças.

13. Falar demais de si próprio

Da mesma maneira que se criticar em exagero pode ser prejudicial, falar demais de si e se enaltecer a todo o momento também. Ninguém gosta de ter por perto alguém que corta a conversa apenas para falar sobre si e de alguma forma, enaltecer algum feito desmerecendo o da outra pessoa. O segredo está no equilíbrio.

Se você se identificou com algum dos hábitos descritos ou tem algum outro que deseja eliminar, a dica é focar no desejo de mudança e adquirir novos hábitos saudáveis. Investir seu tempo em exercícios físicos, artesanatos ou algum tipo de hobbie, pode auxiliar no processo de mudança. Eliminar hábitos prejudiciais pode fazer muita diferença na sua vida e trazer mais satisfação aos seus dias.

COMPARTILHAR
A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".



DEIXE UMA RESPOSTA