Não deu. Acabou. O “felizes para sempre” foi enquanto durou.

O silêncio na casa, a cama vazia, as fotos que não cabem mais nos porta-retratos…

A revolta, as sensações de impotência, de desilusão, de fracasso e enorme frustração…

Não deu. Acabou. O “felizes para sempre” foi enquanto durou.

Mas na hora você só pensa que não deu certo. Que você falhou.

Ninguém falha sozinho. Um relacionamento precisa de duas pessoas tanto para começar quanto pra terminar.

Pode ser que um dos dois tenha errado mais, mas se acabou, que diferença isso faz agora?!

Chega o momento mais terrível, o fundo do poço, aquele lugar que você se esconde e acha que nunca mais vai sair. Você até tenta, buscando compensar a carência em outros colos, o vazio em outros corpos, a baixa autoestima na súbita sensação de ser desejado. Mas isso não vai te preencher, só vai te esvaziar mais.

Com o tempo você descobre que somente sozinho vai conseguir preencher essas lacunas e que você precisa se fortalecer primeiro para depois recomeçar.

O recomeço também não é fácil. Você se apaixona de novo e imediatamente tem uma sensação de libertação e euforia. Depois quase que por instinto, prefere bloquear o sentimento todo num escudo construído com todos os sentimentos ruins que sobraram do último relacionamento. Você tem medo que tudo se repita. Fica inseguro, acuado e procura todos os motivos para não se relacionar, ao invés de fazer o contrário. Você se sabota como se não fosse merecedor de um novo amor. E novamente procura novos colos, repete os mesmos erros. Com a esperança de esquecer a paixão, você retrocede.

Cada pessoa tem um tempo e uma maneira diferente para lidar com situações tão delicadas como essa. Mas uma coisa é universal: você precisa fazer da experiência, um novo aprendizado. Evoluir como pessoa, amadurecer e procurar ser uma pessoa melhor que antes. Não desperdice novas oportunidades que aparecerem na tua vida.

Permita-se ser feliz, ser amado e amar. Você merece.

Deixe que o coração fale por você e jogue fora todos os pensamentos e sentimentos negativos.

Lembre-se que depois do “quando tudo termina”, você ganha uma página em branco novinha para reescrever a sua história.

Faça com que seja inspiradora.

tumblr_ndu9rgJS4y1qemy9oo1_1280

COMPARTILHAR
Carolina Carvalho / ByNina
Nina como é chamada por todos, sonha em morar na praia, pega onda, é Professora de Yoga e SUP Yoga, viciada em seriados, vive no mundo da lua, ama escrever e trabalha com mídias sociais. Ela é mãe da Bianca e apaixonada pelo Nunis, o bulldog francês das duas. Na internet é conhecida pelas suas artes e frases assinadas ByNina.



DEIXE UMA RESPOSTA